Bem-vindo
RUSSIA 18
Ao Vivo
Partidas
Notícias
Videos
Gols em 3D
Partidas
Notícias
Classificação
Partidas
Término
Próximas partidas
24 Jun
07:38
Sócios do Sporting votam pela destituição do presidente do clube

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, foi destituído do cargo após uma assembleia geral em Lisboa, que votou sobre a continuidade do dirigente à frente do popular clube português, que atravessa grave crise.

Mais de 70% dos sócios do Sporting, ou seja cerca de 9.400 votos, decidiram pela destituição do presidente do clube.

"Da minha parte isto acabou (...) deixo o clube para sempre", escreveu Bruno de Carvalho em sua conta no Facebook, acrescentando ter sido "enganado".

"Já não sou membro do Sporting", afirmou, destacando que vai apresentar sua carta de renúncia de sócio nesta segunda-feira.

À espera de novas eleições, que acontecerão em 8 de setembro, o clube será dirigido por uma comissão de gestão provisória.

De Carvalho já havia sido suspenso na semana passada por um das instâncias do clube, uma decisão que considerou ilegítima e à qual se recusou a obedecer.

Os sócios do Sporting buscavam no sábado encontrar a saída para uma crise que chegou a ter incidentes violentos. Em maio, torcedores mascarados, inconformados com os resultados da equipe, invadiram o centro de treinamento do clube para agredir e ameaçar jogadores e membros da comissão técnica.

O presidente de 46 anos, que iniciou o primeiro mandato em 2013 e foi reeleito em 2017, foi alvo de duras críticas pelo episódio. Diversos dirigentes do Sporting e torcedores influentes pediram sua demissão, responsabilizando De Carvalho por criar um ambiente hostil no clube, que conquistou o Campeonato Português pela última vez em 2002.

O técnico do Sporting na última temporada, Jorge Jesus, e diversos jogadores pediram a rescisão unilateral de seus contratos com o clube, um dos maiores de Portugal e responsável por revelar Cristiano Ronaldo.

© 2018 AFP

24 Jun
07:34
Sampaoli comanda treino da Argentina após receber apoio do presidente da federação
ATENÇÃO - Acrescenta declarações de Mascherano ///

O técnico da Argentina, Jorge Sampaoli, comandou normalmente o treino da equipe neste domingo em Bronnitsy, perto de Moscou, após receber no sábado o aval do presidente da Federação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, para se manter no cargo.

Tapia e Sampaoli se reuniram na véspera e o dirigente tranquilizou o técnico em relação à permanência no cargo, segundo confirmação de uma fonte na seleção argentina.

A relação entre Sampaoli e os jogadores ficou estremecida após a derrota para a Croácia (3-0) na quinta-feira, o que provocou diversos rumores na imprensa argentina sobre uma rebelião dos atletas, que queriam uma mudança no comando técnico já para a partida de terça-feira contra a Nigéria.

A tensão entre os jogadores e a comissão técnica ficou palpável após a derrota para os croatas.

"Ele que diga o que quiser", disse um irritado Sergio Aguero na zona mista após o jogo, questionado sobre uma frase de Sampaoli em que dizia que o "projeto fracassou".

Neste domingo, Sampaoli chegou ao campo de treino meia-hora antes do início da atividade e, com um semblante sério, supervisionou os jogadores normalmente.

"A relação com o técnico é totalmente normal. Obviamente que quando nós sentimos algum incômodo falamos (com o técnico), porque senão seríamos hipócritas", disse Javier Mascherano em coletiva de imprensa.

"Sabemos que a situação é complexa. Temos que nos unir, que dar opiniões, fazer todo o possível para que o time chegue ao jogo com a maior quantidade de comodidades", acrescentou o 'Jefecito'.

- Armani no gol e linha de quatro -

A primeira decisão de Sampaoli para o duelo contra a Nigéria será mudar o goleiro titular. Após o grave erro cometido por Willy Caballero no primeiro gol croata, Franco Armani deverá assumir a titularidade da equipe.

O goleiro do River Plate já era o favorito para tomar o lugar de Sergio Romero, que se lesionou pouco antes da Copa, mas Sampaoli preferiu optar pela experiência de Caballero, de 36 anos e reserva no Chelsea.

Na defesa, a Argentina voltará a ter uma linha de quatro à frente do goleiro, depois de fracassar no esquema com três zagueiros. Nicolas Otamendi, Gabriel Mercado e Nicolas Tagliafico têm os lugares garantido. Assim, Cristian Ansaldi, Eduardo Salvio e Marcos Rojo disputam a última vaga.

Lionel Messi, no dia que comemorou seu 31º aniversário, foi um dos últimos jogadores a chegar para o treino, ao lado de De Maria, que, espera-se, recupere a titularidade, após sequer entrar em campo contra a Croácia.

Ao entrar em campo, Sampaoli parabenizou Messi pelo aniversário, uma imagem que fez a festa dos fotógrafos presentes.

"Leo está bem. É uma peça chave para nós, é um ser humano que tem suas frustrações porque as coisas não aconteceram, como todos nós", indicou Mascherano.

A Croácia lidera o Grupo D da Copa do Mundo da Rússia com seis pontos, seguida da Nigéria (3). Islândia e Argentina completam a chave com apenas um ponto.

Na última rodada, os argentinos não têm outra escolha a não ser ganhar da Nigéria para buscar a segunda vaga nas oitavas de final. Se vencerem, também terão que torcer para que croatas empatem ou derrotem os islandeses para avançar.

Em caso de vitória da Islândia, a segunda vaga será decidida no saldo de gol, que no momento é favorável aos nórdicos (-2 contra -3).

© 2018 AFP

24 Jun
07:26
Sueco Durmaz sofre insultos racistas após partida contra a Alemanha

O jogador sueco Jimmy Durmaz foi vítima de insultos e comentários racistas, e até mesmo ameaças de morte, depois de cometer a falta que permitiu a Toni Kroos marcar nos acréscimos para a vitória alemã por 2-1 sobre a seleção escandinava.

A conta no Instagram do jogador de 29 anos recebeu esses comentários após o jogo. Durmaz, que joga no Toulouse, nasceu na Suécia de pais emigrados da Turquia.

Os companheiros de Durmaz não demoraram em sair em defesa do jogador de futebol.

"Ninguém pode culpar uma pessoa. Você ganha como um time e você perde como um time", declarou o meia Albin Ekdal ao jornal Aftonbladet.

"Ele correu e lutou durante toda a partida. Foi azar. É totalmente idiota atacá-lo por isso", acrescentou o atacante John Guidetti.

Durmaz disse que é comum receber tais ataques nas redes sociais.

"Se você viveu isso toda a sua vida, não dá importância. Estou orgulhoso de representar o meu país", ressaltou.

Comentaristas esportivos do país também saíram em defesa do jogador.

"Há pessoas enlouquecidas abertamente racistas contra Jimmy Durmaz depois depois de uma partida de futebol, e isso diz muito sobre o mundo em que vivemos, infelizmente", escreveu o jornalista Patrick Ekwall no Twitter neste domingo.

Durmaz também recebeu mensagens de apoio em sua conta no Instagram, de outros fãs que o defenderam.

A Suécia, que soma 3 pontos após dois jogos, vai disputar sua vaga nas oitavas da Copa do Mundo na quarta-feira contra o México (6 pontos), em Ekaterinburgo, no terceiro e último dia do Grupo F.

© 2018 AFP

24 Jun
05:41
Espanha busca vaga nas oitavas que fugiu em 2014

Após não passar da fase grupos na Copa do Mundo do Brasil-2014, a Espanha busca nesta segunda-feira uma vaga nas oitavas de final do Mundial russo contra a já eliminada seleção de Marrocos.

Líder do Grupo B com os mesmos quatro pontos de Portugal, a Fúria precisa de um empate para garantir a classificação, mas, se quiser manter a liderança da chave, será importante vencer e ficar de olho no saldo de gol.

As duas seleções ibéricas estão empatadas em pontos e saldo de gol, com a Espanha aparecendo na primeira posição do grupo somente por ter um cartão amarelo a menos que os lusos, que enfrentam o Irã num duelo de vida ou morte para as duas seleções.

Os iranianos, terceiros com um só ponto somado, não terão outra alternativa a não ser buscar uma vitória convincente sobre Portugal para alcançar as oitavas de final.

Após empatar em 3 a 3 com Portugal e ganhar no sofrimento do Irã por 1 a 0, a Espanha busca agora uma vitória que não só dê a vaga nas oitavas, mas também apague algumas dúvidas sobre a qualidade de seu futebol apresentado até agora na Rússia.

- 'De menos a mais' -

"O importante na Copa é ir evoluindo no campeonato, o que queremos é ir de menos a mais e tentar chegar até o fim e vencer, é claro", afirmou no sábado o atacante espanhol Lucas Vázquez.

Depois de encarar uma seleção iraniana ultraconservadora, a Fúria torce para que Marrocos, vindo de duas derrotas, seja mais agressivo e busque uma vitória de honra.

"Sabemos que eles estão jogando pela vaga nas oitavas, mas nós também estamos jogando para ficar com um gostinho melhor na boca", alertou o lateral marroquino Achraf Hakimi, jogador do Real Madrid.

Contra os Leões do Atlas, o técnico espanhol, Fernando Hierro, poderia recolocar Koke na equipe titular para fortalecer o meio de campo e dar a Diego Costa um companheiro de ataque, possivelmente Iago Aspas.

Sergio Busquets está a um cartão amarelo de ficar de fora de eventuais oitavas de final, mas parece pouco provável que Hierro não escale seu principal jogador de marcação.

- 'Salvemos nossa honra' -

Especialmente contra um Marrocos motivado e que conta com um punhado de jogadores que atuam no futebol espanhol, como Achraf ou o atacante Nordin Amrabat.

Os comandados do técnico francês Hervé Renard já provaram que sabem jogar em velocidade e, apesar das derrotas para Irã e Portugal (ambas por 1-0), foram superiores aos adversários no conjunto das duas partidas.

Os marroquinos acabaram pecando na finalização, o que talvez não teria acontecido se pudessem contar com o atacante Munir el Haddadi, revelado pelo Barcelona e emprestado ao Alavés, mas que no passado atuou 15 minutos pela seleção espanhola, impossibilitando sua convocação.

Marrocos apelou à Fifa e ao TAS para poder contar com o jogador, mas as duas entidades negaram o direito de Munir defender uma segunda seleção na carreira.

"Espanha, última etapa em Kaliningrado. Salvemos nossa honra todos juntos", tuitou o técnico de Marrocos.

Prováveis escalações:

Espanha: David De Gea - Dani Carvajal, Gerard Piqué, Sergio Ramos, Jordi Alba - Sergio Busquets, Koke, Andrés Iniesta - Isco, Diego Costa, Iago Aspas. Técnico: Fernando Hierro

Marrocos: Mohand - Dirar, Benatia, Da Costa, Achraf Hakimi - Ziyech, Amrabat, El Ahmadi, Belhanda, Boussoufa - Boutaib. Técnico: Hervé Renard (FRA)

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)

bur-gr/psr/am

GEA - GRENOBLOISE D'ELECTRONIQUE ET D'AUTOMATISMES SA

© 2018 AFP

24 Jun
04:57
Sócios do Sporting votam pela destituição do presidente do clube

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, foi destituído do cargo após uma assembleia geral em Lisboa, que votou sobre a continuidade do dirigente à frente do popular clube português, que atravessa grave crise.

Mais de 70% dos sócios do Sporting, ou seja cerca de 9.400 votos, decidiram pela destituição do presidente do clube.

À espera de novas eleições, que acontecerão em 8 de setembro, o clube será dirigido por uma comissão de gestão provisória.

De Carvalho já havia sido suspenso na semana passada por um das instâncias do clube, uma decisão que considerou ilegítima e à qual se recusou a obedecer.

Os sócios do Sporting buscavam no sábado encontrar a saída para uma crise que chegou a ter incidentes violentos. Em maio, torcedores mascarados, inconformados com os resultados da equipe, invadiram o centro de treinamento do clube para agredir e ameaçar jogadores e membros da comissão técnica.

O presidente de 46 anos, que iniciou o primeiro mandato em 2013 e foi reeleito em 2017, foi alvo de duras críticas pelo episódio. Diversos dirigentes do Sporting e torcedores influentes pediram sua demissão, responsabilizando De Carvalho por criar um ambiente hostil no clube, que conquistou o Campeonato Português pela última vez em 2002.

O técnico do Sporting na última temporada, Jorge Jesus, e diversos jogadores pediram a rescisão unilateral de seus contratos com o clube, um dos maiores de Portugal e responsável por revelar Cristiano Ronaldo.

© 2018 AFP

24 Jun
04:36
Sampaoli comanda treino da Argentina após receber apoio do presidente da federação

O técnico da Argentina, Jorge Sampaoli, comandou normalmente o treino da equipe neste domingo em Bronnitsy, perto de Moscou, após receber no sábado o aval do presidente da Federação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, para se manter no cargo.

Tapia e Sampaoli se reuniram na véspera e o dirigente tranquilizou o técnico em relação à permanência no cargo, segundo confirmação de uma fonte na seleção argentina.

A relação entre Sampaoli e os jogadores ficou estremecida após a derrota para a Croácia (3-0) na quinta-feira, o que provocou diversos rumores na imprensa argentina sobre uma rebelião dos atletas, que queriam uma mudança no comando técnico já para a partida de terça-feira contra a Nigéria.

A tensão entre os jogadores e a comissão técnica ficou palpável após a derrota para os croatas.

"Ele que diga o que quiser", disse um irritado Sergio Aguero na zona mista após o jogo, questionado sobre uma frase de Sampaoli em que dizia que o "projeto fracassou".

Neste domingo, Sampaoli chegou ao campo de treino meia-hora antes do início da atividade e, com um semblante sério, supervisionou os jogadores normalmente.

- Armani no gol e linha de quatro -

A primeira decisão de Sampaoli para o duelo contra a Nigéria será mudar o goleiro titular. Após o grave erro cometido por Willy Caballero no primeiro gol croata, Franco Armani deverá assumir a titularidade da equipe.

O goleiro do River Plate já era o favorito para tomar o lugar de Sergio Romero, que se lesionou pouco antes da Copa, mas Sampaoli preferiu optar pela experiência de Caballero, de 36 anos e reserva no Chelsea.

Na defesa, a Argentina voltará a ter uma linha de quatro à frente do goleiro, depois de fracassar no esquema com três zagueiros. Nicolas Otamendi, Gabriel Mercado e Nicolas Tagliafico têm os lugares garantido. Assim, Cristian Ansaldi, Eduardo Salvio e Marcos Rojo disputam a última vaga.

Lionel Messi, no dia que comemorou seu 31º aniversário, foi um dos últimos jogadores a chegar para o treino, ao lado de De Maria, que, espera-se, recupere a titularidade, após sequer entrar em campo contra a Croácia.

Ao entrar em campo, Sampaoli parabenizou Messi pelo aniversário, uma imagem que fez a festa dos fotógrafos presentes.

A Croácia lidera o Grupo D da Copa do Mundo da Rússia com seis pontos, seguida da Nigéria (3). Islândia e Argentina completam a chave com apenas um ponto.

Na última rodada, os argentinos não têm outra escolha a não ser ganhar da Nigéria para buscar a segunda vaga nas oitavas de final. Se vencerem, também terão que torcer para que croatas empatem ou derrotem os islandeses para avançar.

Em caso de vitória da Islândia, a segunda vaga será decidida no saldo de gol, que no momento é favorável aos nórdicos (-2 contra -3).

© 2018 AFP

24 Jun
04:10
Alemanha pede desculpas à Suécia por comemoração efusiva

A Alemanha pediu desculpas à Suécia pelos incidentes ao fim da partida de sábado da Copa do Mundo da Rússia, em Sochi, onde integrantes da seleção alemã comemoram o gol da virada (2-1) nos acréscimos em frente ao banco do adversário, o que irritou os nórdicos.

"Era uma partida cheia de emoção. No fim, qualquer reação ou gesto de nossa comissão técnica em direção ao banco sueco foi emocional demais. Não é nossa maneira de fazer as coisas", escreveu a Mannschaft em sua conta no Twitter, uma mensagem concluída com "Ursäkta!" (Perdão, em sueco).

O técnico alemão, Joachim Löw, sempre insistiu que o respeito ao adversário e aos árbitros é uma das identidades de sua equipe.

Ao fim da partida, quando a Alemanha acabava de virar a partida com um gol de Toni Kroos aos 5 minutos dos acréscimos, membros da delegação alemã foram até o banco sueco para festejar.

Os suecos se irritaram com o gesto e o técnico nórdico, Janne Andersson, criticou a atitude dos alemães, que "correram até nossa zona fazendo gestos sob nossos narizes".

Löw não quis entrar em polêmica após a partida.

"Não vi tal coisa", declarou o técnico da Alemanha. "Após o apito final estávamos concentrados em outras coisas. Estávamos festejando. Não vi nenhum gesto para o banco da Suécia".

© 2018 AFP

23 Jun
19:15
Kroos: muita gente gostaria de ver a Alemanha eliminada

Grande protagonista da emocionante vitória da Alemanha ante a Suécia neste sábado, em Sochi (2-1), o volante Toni Kroos afirmou que muita gente em seu país ficaria feliz em ver sua seleção ser eliminada na primeira fase do Mundial da Rússia.

"Temos sido muito criticados, muitas vezes com razão, e muita gente na Alemanha teria adorado se tivéssemos sido eliminados hoje", afirmou o jogador do Real Madrid à impensa de seu país.

Conhecido por sua frieza dentro do campo e por seu incrível controle de passes, Kross cometeu um raro erro ao perder a bola na jogada que acabou resultando no gol da Suécia. "Evidentemente, o primeiro gol foi por minha culpa, mas quando você dá 400 passes em uma partida, às vezes dois não saem corretamente. Agora temos que descansar, mas não temos tanto tiempo, pois é preciso vencer a Coreia do Sul para sermos convincentes", enfatizou.

© 2018 AFP

23 Jun
17:09
Fifa abre processo contra suíços Xhaka e Shaqiri por gesto político

A Fifa abriu neste sábado (23) um processo disciplinar contra os jogadores suíços Granit Xhaka, nascido na Suíça, mas de origem kosovar, e Xherdan Shaqiri, nascido em Kosovo, uma antiga província albanesa majoritariamente sérvia, por suas comemorações pró-Kosovo durante a partida Suíça-Sérvia (2-1).

Os dois jogadores, que marcaram os gols da vitória, imitaram a águia da bandeira albanesa na partida disputada na sexta-feira, um gesto considerado na Sérvia como um símbolo da "Grande Albânia".

Muitas pessoas em Kosovo, que tem maioria étnica albanesa, se identificam com essa bandeira.

O gesto também é uma referência a uma doutrina nacionalista que visa a reunir todos os albaneses nos Bálcãs dentro do mesmo país.

Kosovo, antiga província da Sérvia, declarou em 2008 sua independência, mas Belgrado ainda se nega a reconhecê-la. A Fifa proíbe mensagens políticas em seus estádios.

O organismo reitor do futebol mundial também está investigando se o técnico da Sérvia, Mladen Krstajic, por supostas declarações após a partida, quando pediu que o árbitro, o alemão Félix Brych, fosse levado a julgamento em um tribunal de crimes de guerra em Haia por não ter concedido um penalização à Sérvia.

A Sérvia ficou furiosa porque Brych não deu um pênalti aos 66 minutos, depois que Aleksandar Mitrovic foi derrubado na área pelos zagueiros suíços Stephan Lichtsteiner e Fabian Schaer.

Também foram abertos procedimentos disciplinares contra a Associação de Futebol Sérvia por distúrbios por parte dos torcedores e a exibição de mensagens políticas e ofensivas.

© 2018 AFP

23 Jun
16:37
Fifa abre processo contra suíços Xhaka e Shaqiri por gesto político

A Fifa abriu neste sábado (23) um processo disciplinar contra os jogadores suíços Granit Xhaka, nascido na Suíça, mas de origem kosovar, e Xherdan Shaqiri, nascido em Kosovo, uma antiga província albanesa majoritariamente sérvia, por suas comemorações pró-Kosovo durante a partida Suíça-Sérvia (2-1).

Os dois jogadores imitaram a águia da bandeira albanesa na partida disputada na sexta-feira, um gesto considerado na Sérvia como um símbolo da "Grande Albânia".

Também é uma referência a uma doutrina nacionalista que visa a reunir todos os albaneses nos Bálcãs dentro do mesmo país.

A Fifa proíbe mensagens políticas em seus estádios.

© 2018 AFP

Mais Notícias
Classificação
Série A
CONMEBOL Libertadores
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
22
12
6
4
2
15
8
7
20
12
5
5
2
11
5
6
19
12
5
4
3
18
11
7
19
12
5
4
3
15
15
0
18
12
5
3
4
8
7
1
17
12
4
5
3
16
14
2
16
12
4
4
4
12
9
3
15
11
4
3
4
17
18
-1
14
12
4
2
6
14
17
-3
14
12
4
2
6
14
18
-4
14
12
3
5
4
14
19
-5
15
13
11
4
1
6
14
16
-2
12
12
3
3
6
16
23
-7
17
12
12
3
3
6
10
17
-7
10
12
2
4
6
7
16
-9
9
12
2
3
7
10
15
-5
20
5
12
0
5
7
7
18
-11
Group A
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
4
6
1
1
4
5
7
-2
3
6
1
0
5
5
14
-9
Group B
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
6
9
-3
7
6
2
1
3
6
9
-3
Group C
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
9
6
3
0
3
8
5
3
3
6
1
0
5
3
13
-10
Group D
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
1
6
0
1
5
3
11
-8
Group E
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
5
6
1
2
3
3
10
-7
5
6
1
2
3
2
11
-9
Group F
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
7
6
1
6
6
1
3
2
2
7
-5
Group G
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
7
4
3
6
6
2
0
4
5
16
-11
Group H
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
7
6
2
1
3
5
8
-3
1
6
0
1
5
1
13
-12