Bem-vindo
Partidas
Notícias
Videos
Classificação
23 Mar
19:09
Itália estreia nas eliminatórias para a Euro-2020 com vitória sobre a Finlândia

A seleção da Itália dirigida por Roberto Mancini iniciou sua campanha nas eliminatórias para a Eurocopa-2020 com uma vitória sobre a Finlândia por 2 a 0 neste sábado em Udine, no primeira duelo do grupo J.

A 'Azzurra' conseguiu os três pontos mas o resultado e o desempenho diante de um adversário que não figura na elite europeia não corresponderam às expectativas mesmo com a seleção local abrindo o placar logo no início.

Aos 7 minutos, o volante do Cagliari Nicolo Barella chutou de primeira de fora da área uma bola rebatida pela defesa finlandesa e surpreendeu o goleiro visitante.

A melhor oportunidade da Finlândia, que poderia ter empatado, veio por meio do atacante do Norwich da Inglaterra, Teemu Pukki, que chutou mas a bola passou a poucos centímetros do gol (65).

Mas o jovem atacante da Juventus Moise Kean comemorou sua primeira convocação para a seleção italiana marcando o gol que deu tranquilidade à equipe ao definir com classe uma bola passada por Ciro Inmobile (74).

Embora a Itália tenha dominado a partida e tido mais chances de gol, o público que compareceu ao estádio de Friuli esperava uma vitória mais folgada da Azzurra.

Já com os três pontos garantidos, o veterano de 36 anos Fabio Quagliarella quase marcou o terceiro gol, mas sua cabeçada foi desviada a escanteio pelo goleiro Lukas Hradecky (81).

A Itália, que fracassou em sua tentativa de se classificar para o Mundial da Rússia - a primeira vez em 60 anos -, lidera o grupo J junto com a Bósnia, que venceu a Armênia (2-1), e a Grécia, que derrotou o Liechtenstein (2-0).

A tetracampeã mundial vai tentar sua segunda vitória na terça-feira ao receber em Parma o modesto Liechtenstein.

As duas primeiras classificadas de cada um dos dez grupos se classificam para a Eurocopa de 2020.

© 2019 AFP

23 Mar
18:47
Espanha vence Noruega e dá primeiro passo rumo à Eurocopa-2020

A Espanha começou com uma vitória suada seu caminho rumo à Eurocopa de 2020 vencendo a Noruega por 2 a 1 neste sábado pelo Grupo F, em sua estreia nas eliminatórias para o torneio continental que já venceu em 1964, 2008 e 2012.

A 'Roja' abriu o placar com um chute de esquerda de Rodrigo Moreno (16), mas Joshua King empatou de pênalti aos 25 minutos do segundo tempo. Também em uma penalidade máxima o zagueiro Sergio Ramos desempatou (71) e deu o triunfo à Espanha no estádio de Mestalla, em Valência.

Os espanhóis buscaram desde o início ter controle do jogo, diante de uma Noruega que se fechou atrás tentando surpreender no contra-ataque.

Álvaro Morata teve uma chance de cabeça logo aos 5 minutos mas defendida com segurança pelo goleiro norueguês.

Pouco depois, o atacante do Valencia, Rodrigo Moreno, desviou com o pé esquerdo um cruzamento quase da linha de fundo feito por Jordi Alba (16) para a alegria dos quase 40.000 torcedores que lotaram o estádio.

A Espanha buscava chegar pelas pontas por onde apareciam Jesús Navas e Jordi Alba para cruzar em busca das chegadas de Rodrigo e Morata.

Após o intervalo, a 'Roja' seguiu tocando a bola de um lado para o outro do campo, tentando encontrar um buraco entre as duas linhas de quatro jogadores montadas pela Noruega.

Mas foram os noruegueses que marcaram. Iñigo Martínez agarrou Bjorn Johnsen na área e o juiz marcou pênalti, que foi convertido por King (65).

O empate não desanimou os espanhóis, que continuaram fazendo seu jogo até que Morata aproveitou uma falha da Noruega para entrar na área onde foi derrubado pelo goleiro norueguês, provocando outro pênalti.

Sergio Ramos, com uma cavadinha (71) garantiu a vitória e três pontos importantes para os espanhóis na estreia.

© 2019 AFP

23 Mar
18:16
"Resultado ruim", reconhece Tite após empate com o Panamá

O técnico da seleção brasileira Tite reconheceu que o empate de 1 a 1 no amistoso contra o Panamá disputado neste sábado no Porto, em Portugal, foi um "resultado ruim" e que a equipe ainda precisa de ajustes antes da Copa América que o Brasil vai sediar a partir de 14 de junho.

"Resultado ruim. O rendimento do primeiro tempo foi abaixo de nossas expectativas, e houve um segundo tempo normal, depois de alguns ajustes que fizemos", avaliou o técnico da seleção na sala de imprensa do estádio do Dragão.

"No intervalo pudemos reorganizar e aí fomos a um nível de normalidade. Mas o primeiro tempo foi abaixo e o resultado ruim", acrescentou.

Ainda sem Neymar - afastado por uma lesão no pé desde o dia 23 de janeiro, mas presente na tribuna -, o Brasil se mostrou apagado e sem efetividade contra o modesto Panamá, que marcou na cidade do Porto o primeiro gol de sua história diante da seleção pentacampeã do mundo.

O Brasil, que vinha de seis vitórias seguidas em seis amistosos disputados após o Mundial da Rússia, abriu o placar com um gol de Lucas Paquetá aos 31 minutos, mas quatro minutos depois foi surpreendido pelo empate que veio na cabeçada de Adolfo Machado, em um lance que gerou reclamações dos brasileiros que alegavam impedimento.

"Minha expectativa era de que fossemos um pouco mais criativos, sim, mas é preciso ter em conta que a composição nova do meio de campo precisa de ajustes. Tenho que fazer essas modificações para que haja um processo mais criativo para que os homens de frente concluam", explicou Tite.

Apesar de se manter fiel à base que fez uma ótima campanha nas eliminatórias para a Copa do Mundo, Tite deu início a um processo de renovação após a eliminação na Rússia tendo já convocado 44 jogadores diferentes. Diante do modesto Panamá, 76º do ranking da Fifa, o técnico optou por uma equipe mais jovem, com titulares como Éder Militão, Lucas Paquetá e Richarlison.

"Estabelecemos como etapa agora dar oportunidades aos jovens, aos jogadores que vão surgindo. O desempenho vem sendo normal. Não foi brilhante, mas tampouco abaixo do normal. É a etapa em que estamos. Quando formos à Copa América, faremos as escolhas precisas para termos um melhor rendimento", argumentou o técnico.

A seleção, que vai abrir o torneio em partida contra a Bolívia no dia 14 de junho em São Paulo, viaja agora a Praga para enfrentar na terça-feira a República Tcheca no último amistoso antes de Tite divulgar sua lista de convocados para a competição.

© 2019 AFP

23 Mar
17:04
Brasil decepciona e empata com Panamá em primeiro amistoso do ano

O Brasil não conseguiu passar de um decepcionante empate em 1 a 1 diante do Panamá neste sábado no estádio do Dragão, do Porto, deixando uma série de dúvidas faltando menos de três meses para receber em casa a Copa América.

Sem Neymar - que ainda se recupera da lesão no pé e que assistiu o jogo da tribuna - a seleção brasileira esbarrou no forte sistema defensivo montado pelo técnico Dely Valdés. Apenas o meia do Milan, Lucas Paquetá, conseguiu rompê-lo aos 31 minutos mas Adolfo Machado igualou o placar quatro minutos depois.

Os brasileiros, que reclamaram de um impedimento do zagueiro, aumentaram a pressão no segundo tempo mas não foi suficiente para superar os centro-americanos, que conseguiram marcar o primeiro gol de sua história contra os pentacampeões do mundo.

A seleção brasileira, que vai abrir a Copa América jogando contra a Bolívia no dia 14 de junho em São Paulo, viaja agora a Praga para enfrentar na terça-feira a República Tcheca no último amistoso antes de Tite divulgar sua lista de convocados para o torneio.

- Surpresa -

Até então o Brasil havia vencido todos os quatro duelos com o Panamá na história do confronto.

E desde a eliminação da Copa do Mundo, a seleção brasileira havia vencido os seis amistosos que disputou.

Com um plantel rejuvenescido e Casemiro como capitão, o Brasil começou a partida dominando diante de um adversário que desde o início se mostrou defensivo. Consciente de que enfrentava a a terceira melhor seleção do ranking da Fifa e de que a sua é a 76º-, Dely Valdés tinha um plano claro: fazer uma retranca e jogar no contra-ataque.

Sem Neymar e com Coutinho em má fase, a tarefa da seleção ficou mais difícil. Muitas bolas lançadas para poucas ideias em um ataque onde apenas Firmino aparecia e onde Richarlison, artilheiro junto com Neymar nesta nova fase, parecia ter perdido o brilho.

Os atacantes brasileiros foram contidos por um Panamá com cada vez menos motivos para sair da área. As chances teriam que vir de fora e Arthur começou a movimentar o jogo com esse intuito.

Aos 31 minutos, Paquetá ganhou da defesa para desviar um belo passe de Casemiro.

Tudo parecia voltar ao normal e Tite respirava aliviado no banco mas quatro minutos depois o zagueiro panamenho Machado se adiantou à defesa brasileira após uma cobrança de falta e empatou de cabeça. Os brasileiros reclamaram de um impedimento mas o primeiro gol da história da seleção do Panamá contra o Brasil foi confirmado.

- Sinais de alerta -

Poderia ter sido pior se Éderson não tivesse conseguido desviar uma bomba de Rodríguez logo após o intervalo. Apesar de sua superioridade, o Brasil continuou ineficiente diante de um Panamá que não tinha nada a perder depois de quase um ano sem vencer uma partida.

Richarlison e Casemiro tiveram duas chances mas nos dois lances a bola bateu no travessão.

Tentando mudar o panorama do jogo, Tite colocou Everton no lugar de Paquetá e deu uma chance a Gabriel Jesus, que entrou no lugar de Firmino.

Casemiro teve mais uma chance de desempatar mas esbarrou no goleiro Mejía, que fez uma boa partida.

Os panamenhos também poderiam ter saído de campo com a vitória nos acréscimos, quando Fajardo recebeu um passe e chutou na rede do lado de fora.

O Panamá, em plena reestruturação depois de terminar em último na Copa do Mundo da Rússia, a primeira que disputou, comemorou o empate histórico.

Já o Brasil vai precisar mostrar muito mais se não quiser reviver na Copa América em casa o calvário do Mundial que sediou em 2014.

© 2019 AFP

23 Mar
14:19
Christian Panucci é despedido do comando técnico da seleção da Albânia

O técnico italiano da Albânia, Christian Panucci, foi despedido depois da derrota de sexta-feira em casa contra a Turquia (2-0) na primeira rodada das eliminatórias para a Eurocopa-2020, anunciou neste sábado a Federação albanesa de futebol.

"Agradecemos a Panucci pelo trabalho realizado até agora e desejamos a ele muito sucesso em sua carreira", diz o comunicado publicado pela Federação.

O ex-lateral do Real Madrid, e ex-jogador da seleção italiana, de 45 anos, ocupava o cargo desde julho de 2017, quando substituiu seu compatriota Gianni de Biasi, que havia conseguido classificar o pequeno país à Eurocopa de 2016, disputada na França.

A Federação anunciou que o treinador adjunto Ervin Bulku e Sulejman Mema, membro da comissão técnica da Federação, vão comandar a Albânia na partida de segunda-feira contra a modesta Andorra no grupo H, que também conta com a campeã mundial França.

© 2019 AFP

23 Mar
13:17
Diante da Holanda, Alemanha quer começar novo ciclo vitorioso

A seleção da Alemanha, que empatou em 1 a 1 no amistoso com a Sérvia na quarta-feira, faz sua estreia nas eliminatórias da Euro 2020 neste sábado fora de casa contra a Holanda, que obteve uma vitória brilhante diante da Bielorrússia na primeira rodada do grupo C.

A nova Alemanha de Joachim Löw tem pela frente um adversário em pleno renascimento.

Comandados por um endiabrado Memphis Depay pela ponta esquerda, os 'Oranje' não tomaram conhecimento dos bielorrussos na quinta-feira goleando por 4 a 0.

Já a 'Mannschaft', mostrou dois lados contra a Sérvia: o de uma equipe cautelosa demais no primeiro tempo, e ofensiva no segundo. Mas continuou com um problema recorrente há um ano: a finalização.

Além dessa partida, o domingo também terá em campo a Bélgica, número 1 do mundo no ranking da Fifa e terceira colocada na Copa da Rússia. Os belgas vão enfrentar o Chipre em Limassol pelo grupo I.

Após estrearem com uma vitória sobre os russos por 3 a 1 na quinta-feira, os Diabos Vermelhos comandado pelo habilidoso atacante Eden Hazard, não deverão ter grandes dificuldades, apesar dos cipriotas terem vencido a modestíssima seleção de San Marino por 5 a 0.

A Croácia, vice-campeã do mundo, conseguiu na quinta-feira apenas uma suada vitória sobre o Azerbaijão por 2 a 1. O time de Luka Modric terá que mostrar mais serviço se quiser superar a Hungria fora de casa.

A Polônia, que venceu a Áustria na quinta-feira por 1 a 0, tem tudo para consolidar sua liderança do grupo G ao receber a fraca Letônia.

A programação dos jogos de domingo das eliminatórias para a Euro-2020:

Grupo C

(16h45) Holanda - Allemagne

Irlanda do Norte - Belarus

Grupo E

(11h00) País de Gales - Eslováquia

(14h00) Hungria - Croácia

Grupo G

(14H00) Israel - Áustria

(16h45) Polônia - Letônia

Eslovênia - Macedônia

Grupo I

(11h00) Cazaquistão - Rússia

(14h00) San Marino - Escócia

(16h45) Chipre - Bélgica

./bds/chc/dhe/aam

© 2019 AFP

22 Mar
18:11
Venezuela derrota Argentina por 3 a 1 na volta de Messi

A Venezuela venceu por 3 a 1 a Argentina, nesta sexta-feira em jogo amistoso disputado em Madri, colocando água no chope de Lionel Messi, que voltou a vestir a camisa alviceleste pela primeira vez desde a Copa do Mundo da Rússia-2018.

O veterano Salomón Rondón abriu o placar aos 5 minutos de jogo, antes de Jhon Murillo ampliar para os venezuelanos pouco antes do intervalo.

No segundo tempo, Lautaro Martínez diminuiu para a Argentina aos 13, mas Josef Martínez fez o terceiro gol da Venezuela aos 30, selando a vitória nesta partida de preparação para a Copa América.

Desde o início da partida, a Venezuela mostrou força e entrosamento, levando muito perigo ao gol defendido por Franco Armani com contra-ataques velozes.

Já a Argentina, com Messi como referência na criação dos ataques, demorou para embalar, sofrendo no primeiro tempo com a falta de entrosamento.

Na segunda etapa, já perdendo por 2 a 0, a Argentina dominou a posse de bola e Messi tentou mostrar o caminho do gol para os jovens companheiros, mas, apesar de algumas jogadas de perigo e um gol iniciado pelo craque do Barcelona, não conseguiu virar a partida.

No momento mais tenso da partida, os venezuelanos encaixaram outro ataque rápido que culminou com Josef Martínez sendo derrubado dentro da área por Juan Foyth.

O próprio Martínez foi para a cobrança e marco o terceiro gol da 'Vinho Tinto' em Madri.

© 2019 AFP

22 Mar
16:39
"Quero encontrar um clube que me motive", afirma Mourinho à AFP

O técnico e personalidade José Mourinho, demitido do Manchester United em dezembro, explicou na sexta-feira à AFP que prevê voltar a treinar na próxima temporada, se possível na Liga dos Campeões.

"O que eu quero é encontrar um clube que me motive para começar a próxima temporada", declarou o português de 56 anos, durante um evento organizado por seu patrocinador Hublot em Basel, na Suíça.

- Os grandes campeonatos europeus estão terminando. Veremos Mourinho na briga pela Liga dos Campeões na próxima temporada?

"Eu quero estar! Mas, às vezes, se você não está na corrida principal, é preciso saber ganhar outras. Quando cheguei no Manchester United (em 2016) foi preciso ganhar a Liga Europa (o que o português conseguiu em 2017)".

- Após as conquistas com Porto (2014) e Inter (2010), você gostaria de ganhar uma terceira Champions para igualar o feito de Zinedine Zidane, campeão das últimas três edições com o Real Madrid?

"Se eu conseguir ganhar uma terceira, ótimo. Mas se eu ganhar uma terceira Liga Europa (após 2003 e 2017), também não é ruim. Agora, eu tenho duas Champions e duas Ligas Europa. Se eu ganhar um quinto troféu europeu, é claro que prefiro que seja a Liga dos Campeões. Mas se eu assinar com um clube em dificuldade, como o Manchester United quando cheguei, é preciso primeiramente fazê-lo subir ao andar de cima e tentar dar seu melhor. É claro que quero trabalhar no mais alto nível, e isso é a Liga dos Campeões".

- Desde que foi demitido do Manchester United, em dezembro, sente falta do campo?

"Sim, mas tomei a decisão de não trabalhar novamente nesta temporada. Não gosto de assumir um clube em janeiro, fevereiro ou março... O que eu quero é encontrar um clube que me motive para começar a próxima temporada".

- Você já disse que seu próximo clube precisa ter uma "empatia estrutural" e grandes ambições. Você também quer a liberdade de recrutar os jogadores que quiser durante a janela de transferência?

"Eu não acredito que a liberdade de recrutar jogadores seja boa! Não mesmo. A melhor situação é refletir com pessoas de diferentes opiniões. É muito importante. O que eu quis dizer por 'empatia' não é liberdade de recrutar, mas sim que todas as diferentes estruturas do clube trabalhem juntas por um objetivo comum. É fundamental".

- Você assistiu a um jogo do Campeonato Francês em Lille em fevereiro. Você poderia trabalhar em um clube francês?

"É difícil dizer. Se digo não, não serei honesto com você. Se disser sim, vocês vão começar a especular os clubes que poderiam me interessar, que terão um cargo livre. Eu posso voltar para países que já conheço (Portugal, Inglaterra, Espanha e Itália) ou tentar algo grande, que seria trabalhar em um quinto país e ganhar tudo, como já fiz nos outros lugares. Veremos o que acontece".

- Lionel Messi, no Barcelona, e Cristiano Ronaldo, na Juventus, impressionaram nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Qual dos dois você acha que pode ganhar o troféu da Liga dos Campeões em junho?

"Você cita Cristiano e Messi, eu falo de Juventus e Barcelona. Eu sei que no mundo de hoje estamos mais focados no indivíduo. Eu sempre serei um técnico de futebol, que continua sendo um esporte coletivo. Barcelona e Juventus são dois grandes candidatos ao título, mas também há um pelotão de clubes ingleses, o Ajax e o Porto. Barcelona e Juventus têm experiência, talento, e cada um tem um jogador especial. Normalmente, lá onde estão os jogadores especiais, as equipes podem se tornar as melhores".

- Foi uma surpresa ver quatro clubes ingleses nas quartas?

"Não, porque os clubes ingleses são poderosos, com um campeonato muito competitivo. Às vezes isso joga contra eles, porque o calendário é repleto de situações difíceis. Mas as equipes são boas e fortes, e quando se vê o nível de investimento do Manchester City, com seus jogadores e seu técnico...".

Respostas colhidas por Alexis HONTANG

ah/dep/am

AFC AJAX

MANCHESTER UNITED

JUVENTUS FOOTBALL CLUB

© 2019 AFP

22 Mar
15:53
Real Madrid disputará a International Champions Cup

O Real Madrid anunciou nesta sexta-feira que disputará a International Champions Cup, o torneio de pré-temporada que coloca frente a frente algumas das melhores equipes do mundo e que terá o calendário divulgado em 27 de março.

A equipe 'merengue' será "um dos participantes da International Champions Cup 2019. Será o sétimo ano consecutivo em que os 'blancos' disputarão este torneio", informou o Real Madrid em comunicado.

Até o momento, também confirmaram participação Tottenham, Atlético de Madrid, Inter de Milão, Juventus, Milan, Manchester United, Bayern de Munique, Arsenal, Benfica, Roma e Chivas de Guadalajara.

No ano passado, o Real Madrid terminou em sexto lugar na competição, após perder para o Manchester United (2-1) e vencer Juventus (3-1) e Roma (2-1).

© 2019 AFP

22 Mar
14:30
Panathinaikos penalizado em três pontos por incidente em clássico grego

A Liga grega de futebol penalizou em 3 pontos o Panathinaikos, que terá que jogar o fim da partida pelo campeonato local contra o Olympiakos, interrompida no domingo devido a incidentes com torcedores.

O Panathinaikos também terá que pagar multa de 94.500 euros e jogará as duas próximas partidas e casa sem torcida.

A Liga aceitou o pedido do clube de Atenas de retomar a partida interrompida aos 25 minutos do segundo tempo, quando o Olympiakos vencia por 1 a 0.

O clássico do futebol grego havia sido interrompido uma primeira vez aos 5 minutos de jogo após a invasão de campo de alguns jogadores, que voltaram às arquibancadas com a intervenção da polícia.

O árbitro alemão Marco Fritz reiniciou o jogo após alguns minutos. Mas, aos 25 minutos do segundo tempo, os tumultos provocados por torcedores organizados dentro e fora do estádio obrigaram o árbitro a suspender o duelo e mandar as equipes de volta para o vestiário.

Em seguida, Fritz pediu o esvaziamento do estádio para tentar retomar o jogo, mas, uma hora mais tarde, os espectadores ainda estavam nas arquibancadas, obrigando o árbitro a suspender de vez a partida.

Com os três pontos perdidos, o Panathinaikos caiu para o 9º lugar na tabela, com 29 pontos. O Olympiakos é o segundo colocado do Campeonato Grego, liderado pelo PAOK.

O Panathinaikos poderá recorrer da decisão.

© 2019 AFP

Mais Notícias
Video
Ligue 1 Conforama
LaLiga Santander
Serie A TIM
Dia 29
Paris Saint-Germain-Olympique de Marseille (3-1) - Dia 29 - Ligue 1
Olympique Lyonnais-Montpellier Herault SC (3-2) - Dia 29 - Ligue 1
Girondins de Bordeaux-Stade Rennais FC (1-1) - Dia 29 - Ligue 1
Nimes Olympique-RC Strasbourg Alsace (2-2) - Dia 29 - Ligue 1
Stade de Reims-FC Nantes (1-0) - Dia 29 - Ligue 1
SM Caen-AS Saint-Etienne (0-5) - Dia 29 - Ligue 1
EA Guingamp-Dijon FCO (1-0) - Dia 29 - Ligue 1
OGC Nice-Toulouse FC (1-1) - Dia 29 - Ligue 1
Angers SCO-Amiens SC (0-0) - Dia 29 - Ligue 1
LOSC-AS Monaco (0-1) - Dia 29 - Ligue 1
Ligue 1 2018-2019 Melhores Momentos Dia 29
Dia 28
Athletic Club vs Atletico de Madrid (2-0) - Dia 28 - LaLiga
CD Leganes vs Girona FC (0-2) - Dia 28 - LaLiga
Real Betis vs FC Barcelona (1-4) - Dia 28 - LaLiga
RCD Espanyol vs Sevilla FC (0-1) - Dia 28 - LaLiga
Real Madrid vs RC Celta (2-0) - Dia 28 - LaLiga
Real Sociedad vs Levante UD (1-1) - Dia 28 - LaLiga
SD Eibar vs Real Valladolid (1-2) - Dia 28 - LaLiga
SD Huesca vs Deportivo Alaves (1-3) - Dia 28 - LaLiga
Valencia CF vs Getafe CF (0-0) - Dia 28 - LaLiga
Villarreal CF vs Rayo Vallecano (3-1) - Dia 28 - LaLiga
LaLiga 2019-2019 Melhores Momentos Dia 28
Dia 28
Cagliari (2-1) Fiorentina - Dia 28 - Serie A
Sassuolo (3-5) Sampdoria - Dia 28 - Serie A
Empoli (2-1) Frosinone - Dia 28 - Serie A
Atalanta (1-1) Chievo - Dia 28 - Serie A
Torino (2-3) Bologna - Dia 28 - Serie A
Napoli (4-2) Udinese - Dia 28 - Serie A
Genoa (2-0) Juventus - Dia 28 - Serie A
AC Milan (2-3) Inter - Dia 28 - Serie A
SPAL (2-1) Roma - Dia 28 - Serie A
Serie A 2018-2019 Melhores Momentos Dia 28
Classificação
CONMEBOL Libertadores
Grupo A
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
1
2
0
1
1
0
1
-1
1
2
0
1
1
1
3
-2
Grupo B
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
1
1
0
1
0
0
0
0
1
2
0
1
1
0
1
-1
Grupo C
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
2
2
0
2
0
1
1
0
1
2
0
1
1
5
6
-1
Grupo D
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
3
2
1
0
1
3
3
0
0
2
0
0
2
0
5
-5
Grupo E
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
0
2
0
0
2
1
3
-2
0
2
0
0
2
0
2
-2
Grupo F
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
1
2
0
1
1
0
3
-3
0
2
0
0
2
0
3
-3
Grupo G
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
3
2
1
0
1
1
3
-2
1
2
0
1
1
0
4
-4
Grupo H
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
1
2
0
1
1
2
3
-1
1
2
0
1
1
1
2
-1