Bem-vindo
Classificação
Classificação do Time
Classificação dos Jogadores
Regular
Regular
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
28
18
7
7
4
19
16
3
27
18
7
6
5
21
19
2
5
26
18
7
5
6
27
26
1
26
18
8
2
8
26
27
-1
24
18
7
3
8
19
25
-6
20
18
6
2
10
26
29
-3
14
18
4
2
12
16
38
-22
12
18
2
6
10
19
35
-16
Player
Gols
J
1
Cavani, Edinson
Uruguai
10
15
2
Jesus, Gabriel
Brasil
7
10
2
Messi, Lionel
Argentina
7
10
4
Caicedo, Felipe
Equador
7
13
5
Sánchez, Alexis
Chile
7
17
6
Paulinho
Brasil
6
11
7
Rodríguez, James
Colômbia
6
13
8
Neymar
Brasil
6
14
9
Vidal, Arturo
Chile
6
15
10
Guerrero, Paolo
Peru
6
17
11
Flores, Edison
Peru
5
12
11
Valencia, Enner
Equador
5
12
13
Suárez, Luis
Uruguai
5
13
14
Martínez, Josef
Venezuela
5
15
15
Vargas, Eduardo
Chile
5
16
16
Lezcano, Dario
Paraguay
4
9
17
Otero, Rómulo
Venezuela
4
11
18
Coutinho, Philippe
Brasil
4
13
19
Arce, Juan Carlos
Bolivia
4
14
20
Cueva, Christian
Peru
4
16
21
Willian
Brasil
4
17
22
Escobar, Pablo
Bolivia
3
5
23
Farfán, Jefferson
Peru
3
6
24
Cáceres, Martín
Uruguai
3
8
25
Bacca, Carlos
Colômbia
3
13
26
Cardona, Edwin
Colômbia
3
15
27
Augusto, Renato
Brasil
3
16
27
Godín, Diego
Uruguai
3
16
29
Ibarra, Romario
Equador
2
2
30
Oliveira, Ricardo
Brasil
2
5
30
Paredes, Esteban
Chile
2
5
30
Pinilla, Mauricio
Chile
2
5
30
Pratto, Lucas
Argentina
2
5
34
Ramallo, Rodrigo
Bolivia
2
6
35
Costa, Douglas
Brasil
2
8
35
Falcao, Radamel
Colômbia
2
8
35
Rolán, Diego
Uruguai
2
8
38
Bolaños, Miller
Equador
2
9
38
Filipe Luís
Brasil
2
9
38
Martínez, Fidel
Equador
2
9
38
Mercado, Gabriel
Argentina
2
9
42
González, Derlis
Paraguay
2
11
42
Villanueva, Mikel
Venezuela
2
11
44
Rodríguez, Cristian
Uruguai
2
13
45
Di María, Ángel
Argentina
2
18
46
Blanco, Richard
Venezuela
1
2
46
Cardozo, Oscar
Paraguay
1
2
46
Pérez, Sebastián
Colômbia
1
2
46
Sanabria, Antonio
Paraguay
1
2
50
Cardozo, Rudy
Bolivia
1
3
50
Koufatti, Jacobo
Venezuela
1
3
50
Rondon, Mário
Venezuela
1
3
50
Valverde, Federico
Uruguai
1
3
54
Álvarez, Gilbert
Bolivia
1
5
54
Arroyo, Michael
Equador
1
5
54
Gutiérrez, Teófilo
Colômbia
1
5
54
Hernández, Abel
Uruguai
1
5
54
Herrera, Yangel
Venezuela
1
5
54
Lavezzi, Ezequiel
Argentina
1
5
54
Mina, Yerry
Colômbia
1
5
54
Santos, Christian
Venezuela
1
5
62
Barrios, Lucas
Paraguay
1
6
62
Benítez, Édgar
Paraguay
1
6
62
Firmino, Roberto
Brasil
1
6
62
Hurtado, Paolo
Peru
1
6
62
Juanpi
Venezuela
1
6
62
Ramírez, Cristian
Equador
1
6
68
Caceres, Víctor
Paraguay
1
7
68
Erazo, Frickson
Equador
1
7
68
Lima, Lucas
Brasil
1
7
68
Marcelo
Brasil
1
7
68
Mena, Ángel
Equador
1
7
73
Aguilar, Abel
Colômbia
1
8
73
Alonso, Junior
Paraguay
1
8
73
Gutiérrez, Felipe
Chile
1
8
73
Lodeiro, Nicolás
Uruguai
1
8
73
Mina, Arturo
Equador
1
8
73
Romero, Angel
Paraguay
1
8
73
Torres, Macnelly
Colômbia
1
8
80
Carillo, Andre
Peru
1
9
80
Chumacero, Alejandro
Bolivia
1
9
80
Coates, Sebastián
Uruguai
1
9
80
Higuaín, Gonzalo
Argentina
1
9
80
Montero, Jefferson
Equador
1
9
80
Ortiz, Richard
Paraguay
1
9
80
Pereira, Álvaro
Uruguai
1
9
80
Riveros, Cristián
Paraguay
1
9
80
Valdez, Bruno
Paraguay
1
9
89
Funes Mori, Ramiro
Argentina
1
10
89
Murillo, Jhon
Venezuela
1
10
91
Duk, Yasmani
Bolivia
1
11
91
Ruidíaz, Raúl
Peru
1
11
93
Achilier, Gabriel
Equador
1
12
93
Moreno, Marcelo
Bolivia
1
12
93
Raldes, Ronald
Bolivia
1
12
93
Ramos, Christian
Peru
1
12
93
Valencia, Antonio
Equador
1
12
98
Biglia, Lucas
Argentina
1
13
98
Romero, Óscar
Paraguay
1
13
98
Rondón, Salomón
Venezuela
1
13
101
Tapia, Renato
Peru
1
14
102
Cuadrado, Juan
Colômbia
1
15
102
Otamendi, Nicolás
Argentina
1
15
102
Sánchez, Carlos
Uruguai
1
15
105
Alves, Dani
Brasil
1
17
105
Da Silva, Paulo
Paraguay
1
17
105
Miranda
Brasil
1
17
22 Fev.
15:33
Bayern de Munique quer acalmar vestiário, Dortmund encara "guerra à segunda-feira"

Após golear o Besiktas na Champions, o Bayern de Munique (1º) precisa acalmar seu vestiário em meio à insatisfação de Robben com a reserva, antes de encarar no sábado o Hertha Berlim (11º), enquanto o Borussia Dortmund (2º) entra em campo segunda-feira contra o Augsburg (8º).

"Robben, orgulho ferido", escreveu o site especializado Goal.com, enquanto o popular jornal de Munique Süddeutsche Zeitung citava o "sofrimento de Arjen Robben".

"Todos os jogadores querem jogar partidas como esta e eu não sou diferente. Quando você não joga, isso te faz mal", justificou o holandês de 34 anos, após a partida em que começou no banco, mas teve oportunidade de entrar em campo aos 43 minutos do primeiro tempo devido à lesão do colombiano James Rodríguez.

"Mas não vou falar mais sobre isso, senão vou ser chamado para o escritório de Brazzo (apelido de Hasan Salihamidzic, diretor esportivo do Bayern)", continuou Robben.

As queixas do atacante, que tem contrato até o fim desta temporada, roubaram o foco do grande espetáculo na Allianz Arena, onde o Bayern encaminhou a vaga nas quartas de final da Champions com uma sonora goleada de 5 a 0 sobre o Besiktas.

Na Bundesliga, o Bayern tem 19 pontos de vantagem sobre o vice-líder Borussia Dortmund e só uma catástrofe impediria aos bávaros de conquistar o sexto título nacional seguido.

Já o Dortmund terá que esperar até segunda-feira para disputar sua partida da 24ª rodada. O lendário ambiente do Signal Iduna Park, porém, terá um aspecto diferente se o chamado pelo boicote feito pela torcida organizada for atendido.

Os torcedores protestam contra a iniciativa da Bundesliga de agendar jogos às segundas-feiras, o que iria contra a tradição familiar e popular do futebol alemão.

Na última segunda-feira, no primeiro jogo disputado na história da Bundesliga disputado neste dia da semana, os torcedores do Eintracht Frankfurt protestaram e conseguiram atrasar o pontapé inicial do jogo lançando bolinhas de tênis no campo.

-- Resultados da 24ª rodada do Campeonato Alemão:

- Sexta-feira:

(16h30) Mainz - Wolfsburg

- Sábado:

(11h30) Bayern de Munique - Hertha Berlim

Hoffenheim - Freiburg

Hannover - B. Moenchengladbach

Stuttgart - Eintracht Frankfurt

(14h30) Werder Bremen - Hamburgo

- Domingo:

(11h30) Bayer Leverkusen - Schalke 04

(14h00) RB Leipzig - Colônia

- Segunda-feira:

(16h30) Borussia Dortmund - Augsburg

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Bayern de Munique 59 23 19 2 2 55 18 37

2. Borussia Dortmund 40 23 11 7 5 48 29 19

3. Eintracht Frankfurt 39 23 11 6 6 32 26 6

4. Bayer Leverkusen 38 23 10 8 5 43 30 13

5. RB Leipzig 38 23 11 5 7 36 31 5

6. Schalke 04 37 23 10 7 6 36 30 6

7. Hannover 32 23 8 8 7 32 33 -1

8. Augsburg 31 23 8 7 8 32 29 3

9. Hoffenheim 31 23 8 7 8 37 37 0

10. B. Moenchengladbach 31 23 9 4 10 30 35 -5

11. Hertha Berlim 30 23 7 9 7 30 30 0

12. Freiburg 28 23 6 10 7 24 37 -13

13. Stuttgart 27 23 8 3 12 19 27 -8

14. Wolfsburg 24 23 4 12 7 26 30 -4

15. Werder Bremen 23 23 5 8 10 21 28 -7

16. Mainz 23 23 6 5 12 28 41 -13

17. Hamburgo 17 23 4 5 14 18 34 -16

18. Colônia 14 23 3 5 15 20 42 -22

cpb/sg/am

BESIKTAS FUTBOL

© 2018 AFP

22 Fev.
14:55
Clássico PSG-Marselha será disputado duas vezes em três dias

O Parque dos Príncipes será o cenário do duplo confronto entre Paris Saint-Germain (1º) e Olympique de Marselha (3º), o clássico francês que será disputado neste domingo, pela 27ª rodada da Ligue 1, e na quarta-feira, pelas quartas de final da Copa da França.

Com o duelo contra o Real Madrid no horizonte, no dia 6 de março também em Paris pelo jogo de volta das oitavas da Champions (1-3 na ida), o PSG recebe em duas ocasiões consecutivas o grande rival, muito mais regular e forte nesta temporada do que nas anteriores.

Antes de encarar esta reta decisiva da temporada, o técnico do PSG, Unai Emery, fez um chamado pela união em sua página na internet, na qual postou um texto com o título "Juntos conseguiremos", lembrando que o PSG venceu as 17 partidas que disputou no Parque dos Príncipes.

"O OM (Marselha) e o Real Madrid sabem que devem vir jogar em Paris, mas não sabem de fato o que os espera. São dois clássicos -contra o Marselha- para os quais vamos nos preparar a fundo e que nos servirão para nos preparar para o Real Madrid", afirmou Emery.

No Campeonato Francês, o PSG tem 13 pontos de vantagem sobre o Marselha e 12 a mais que o Monaco (2º), ou seja, o título nacional dificilmente escapará das mãos dos parisiense. Com isso, neste domingo, os rivais se enfrentarão mais pela honra de ganhar o grande clássico do país. E três dias depois haverá uma revanche.

O Marselha, que encontrou uma solidez sob o comando do técnico Rudi Garcia, após anos de mediocridade, tentará acabar com uma série de 15 jogos seguidos sem vitória diante do PSG, contando todas as competições (12 derrotas e 3 empates).

"São jogos um pouco mais especiais, o jogo de ida lá foi complicado (2-2), queremos mostrar que somos melhores e daremos tudo de nós em campo", afirmou o goleiro do PSG Alphonse Areola.

O Monaco, que atravessa bom momento nas últimas semanas, apesar do desfalque do artilheiro colombiano Radamel Falcao, visita o Toulouse (16º) no sábado.

Já o Lyon (4º) encara o dérbi regional contra seu vizinho e maior rival Saint-Etinne (11º) com a necessidade de ganhar para não se distanciar ainda mais de Monaco e Marselha, que tem respectivamente 7 e 6 pontos a mais, e se manter na briga por uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

-- Programação da 27ª rodada do Campeonato Francês:

- Sexta-feira:

(16h45) Strasbourg - Montpellier

- Sábado:

(13h00) Toulouse - Monaco

(16h00) Guingamp - Metz

Lille - Angers

Nantes - Amiens

Rennes - Troyes

Dijon - Caen

- Domingo:

(11h00) Bordeaux - Nice

(13h00) Lyon - Saint-Etienne

(17h00) Paris SG - Olympique de Marselha

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Paris SG 68 26 22 2 2 81 19 62

2. Monaco 56 26 17 5 4 64 26 38

3. Olympique de Marselha 55 26 16 7 3 56 29 27

4. Lyon 49 26 14 7 5 56 32 24

5. Nantes 39 26 11 6 9 27 27 0

6. Montpellier 38 26 9 11 6 24 21 3

7. Rennes 35 26 10 5 11 32 35 -3

8. Bordeaux 35 26 10 5 11 32 35 -3

9. Nice 35 26 10 5 11 32 38 -6

10. Guingamp 34 26 9 7 10 26 33 -7

11. Saint-Etienne 33 26 9 6 11 27 40 -13

12. Caen 32 26 9 5 12 20 30 -10

13. Dijon 32 26 9 5 12 36 52 -16

14. Strasbourg 30 26 8 6 12 32 47 -15

15. Troyes 28 26 8 4 14 24 34 -10

16. Toulouse 27 26 7 6 13 22 33 -11

17. Lille 27 26 7 6 13 25 41 -16

18. Amiens 26 26 7 5 14 22 30 -8

19. Angers 25 26 5 10 11 27 39 -12

20. Metz 18 26 5 3 18 23 47 -24

© 2018 AFP

22 Fev.
14:21
Malcom é suspenso por dois jogos por simular pênalti

O atacante brasileiro Malcom, do Bordeaux, foi punido com dois jogos de suspensão por simulação na vitória por 3 a 2 de sua equipe sobre o Lyon, em 28 de janeiro, segundo informações de uma fonte próxima à comissão de recursos da Federação Francesa.

Malcom, de 20 anos, ficará de fora do duelo deste domingo contra o Nice e da partida da próxima sexta-feira contra o Monaco, ambos pelo Campeonato Francês.

Inicialmente, o jogador havia sido punido com um jogo de suspensão, mas a pena foi endurecida após a apresentação do recurso pelo Bordeaux.

Em 28 de janeiro, o atacante revelado pelo Corinthians sofreu e converteu um pênalti aos 27 minutos da partida contra o Lyon. Após rever o lance, a Federação Francesa julgou que o brasileiro se jogou para simular o pênalti.

© 2018 AFP

21 Fev.
18:26
Shakhtar mostra força em casa ao vencer Roma de virada

O Shakthar Donetsk e sua legião de brasileiros mostrou força nesta quarta-feira em Cracóvia, vencendo de virada por 2 a 1 a Roma, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O estádio Metalist de Cracóvia, onde o campeão ucraniano sedia seus jogos desde o ano passado devido a um conflito armado no país, se encontra a 250 km de Donetsk, mas é como se o Shakhtar estivesse em casa.

Vencedores na fase de grupos de Feyenoord (3-1), Napoli (2-1) e até mesmo do gigante Manchester City (2-1), até então invicto na temporada, os ucranianos superaram outro adversário de tradição na Europa, graças a um segundo tempo de tirar o chapéu quando perdiam por 1 a 0.

Famoso pelo ímpeto ofensivo, o time do técnico Paulo Fonseca e seu ataque brasileiro Bernard-Taison-Fred-Marlos não mudou o estilo de jogo nas oitavas de final da Champions, anotando dois belos gols, primeiro com o argentino Facundo Ferreyra e em seguida com Fred.

Ferreyra empatou a partida após driblar Konstantinos Manolas aos 7 minutos do segundo tempo, enquanto Fred garantiu a vitória numa espetacular cobrança de falta, aos 26.

De fato, eram necessárias duas pinturas para conseguir passar pelo goleiro da seleção brasileira Alisson, que estava em dia inspirado e fez paradas impressionantes, se tornando o grande responsável pela Roma não voltar pra casa com uma goleada na bagagem.

O técnico da Roma, Eusebio Di Francesco, também precisa agradecer ao jovem turco Cengiz Under, único jogador que soube concretizar as chances de gols criadas pelas equipe italiana no primeiro tempo, aproveitando ótimo passe de Edin Dzeko, aos 41 minutos.

Aos 20 anos de idade e em sua primeira partida da carreira na Champions, Under marcou seu quinto gol em quatro jogos pela Roma.

Mas os heróis da partida vestiam laranja e preto e jogavam em casa, Como em 2011. naquele ano, nesta mesma fase da Champions, o Shakhtar humilhou a Roma com um placar agregado de 6 a 2 nas duas partidas. Desde aquela edição, o time de Donetsk não disputa as quartas de final da competição. A história poderá se repetir após o jogo de volta, em 13 de março.

© 2018 AFP

21 Fev.
18:10
Sevilla e United não saem do 0-0 na ida das oitavas da Champions

O Sevilla parou em David de Gea: o goleiro espanhol permitiu ao Manchester United segurar um valioso empate sem gol na capital da Andaluzia, nesta quarta-feira na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Dominados em campo, os Diabos Vermelhos só não voltaram para Manchester com uma derrota na bagagem por causa da grande atuação de De Gea, autor de defesas decisivas em finalizações perigosas de Muriel, N'Zonzi e Corre, mantendo vivas as esperanças inglesas de classificação.

O Sevilla pode pelo menos comemorar o fato de não ter sofrido gol em casa, mas não ter conseguido aproveitar uma das 25 chances de gol criadas na partida irão martelar a cabeça do técnico Vincenzo Montella até o duelo de volta.

Já os comandados do técnico José Mourinho souberam sofrer e segurar o empate, num dia em que pecaram pela falta de criatividade, apesar de terem tido as duas últimas chances de marcar na partida, ambas com Marcus Rashford (86 e 88 minutos).

A vaga na próxima fase continua indefinida e só será entregue no dia 13 de março, em Old Trafford, onde o Manchester tentará avançar às quartas de final pela primeira vez desde 2014, enquanto o Sevilla não alcança esta fase da competição desde 1958.

- Entradas duras e domínio andaluz -

A partida no estádio Sanchez-Pizjuán foi marcada por faltas duras e muita marcação, o que acabou resultando na substituição precoce do meia Ander Herrera aos 15 minutos, quando sofreu uma lesão na coxa.

Em seu lugar entrou o francês Paul Pogba, umas das estrelas do time, mas deixado no banco de reservas por Mourinho após algumas desavenças sobre o estado físico do jogador.

Apear de alguns lances de efeito, como um chapéu em N'Zonzi e o passe para a finalização perigosa de Rashford a dois minutos do apito final, Pogba deixou a desejar par um jogador que custou 105 milhões de euros aos cofres do United.

No restante da partida, foi o Sevilla que assumiu o controle do jogo, dificultando a vida da defesa inglesa na base da velocidade e das ultrapassagens pelas pontas.

Foi então que apareceu David de Gea. O goleiro da Espanha defendeu uma bomba de Joaquin Correa (42 minutos) e pegou no reflexo duas cabeçada à queima-roupa, primeiro de N'Zonzi (45) e depois de Luis Muriel (45+1)... isso só no primeiro tempo.

Na segunda etapa, De Gea ainda apareceu como salvador do United com ótimas intervenções em chutes de Clément Lenglet (64) e em cobrança de falta de Ever Banega (67). Tudo isso sob o atento olhar do técnico da Espanha, Julien Lopetegui, que certamente comemorou a atuação de seu provável titular na Copa da Rússia.

© 2018 AFP

21 Fev.
17:10
Insatisfação de Robben com reserva no Bayern dá o que falar na imprensa alemã

A imprensa alemã debateu nesta quarta-feira a possível tensão no vestiário do Bayern de Munique, um dia depois da goleada por 5 a 0 sobre o Besiktas na ida das oitavas de final da Champions, após Arjen Robben manifestar sua insatisfação com a reserva.

"Robben, ferido em seu orgulho", escreveu o site Goal.com, enquanto o popular jornal de Munique Süddeutsche Zeitung citou o "sofrimento de Arjen Robben".

"Todos os jogadores querem jogar partidas como esta e eu não sou diferente. Quando você não joga, isso te faz mal", justificou o holandês de 34 anos, após a partida em que começou no banco, mas teve oportunidade de entrar em campo aos 43 minutos do primeiro tempo devido à lesão do colombiano James Rodríguez.

"Mas não vou falar mais sobre isso, senão vou ser chamado para o escritório de Brazzo (apelido de Hasan Salihamidzic, diretor esportivo do Bayern)", continuou Robben.

O técnico da equipe, Jupp Heynckes, defendeu as decisões táticas tomadas.

"Tenho que gerir e o faço da melhor maneira possível. Todos precisam aceitar isso. Ponto final", disse de maneira enfática o experiente técnico.

Thomas Muller, capitão do Bayern e autor de dois gols na vitória sobre o Besiktas, tentou apagar o incêndio.

"O técnico tem o dilema de escolher, é algo difícil para ele. Os reservas nos ajudaram. Arjen entrou e nos trouxe agressividade. Franck (Ribery) também jogou bem e sempre precisamos desse pequeno suplemento de energia que vem do banco", afirmou.

© 2018 AFP

21 Fev.
16:28
Alemanha suspenderá lei contra perturbação do sossego durante Copa

O governo alemão decidiu nesta quarta-feira suspender a lei que regula a ordem pública noturna durante a realização da Copa do Mundo da Rússia (14 de junho-15 de julho), como já havia sido feito nas últimas edições do Mundial.

Desde 2006, a Alemanha suspende durante os grandes torneios de futebol (Copa e Eurocopa) sua rígida lei que proíbe eventos públicos ruidosos em bares ou em "Biergarten" (bares de cerveja ao ar livre) depois das 22h00.

Os torcedores alemães poderão assistir às partidas em telões gigantes instalados em zonas públicas ou nestes bares e comemorar com total liberdade os gols e vitórias de sua seleção.

A ministra do Meio Ambiente, Barbara Hendricks, justificou a medida por um "imenso interesse público" e pelo fato de poder oferecer noites de futebol festivas aos torcedores que não puderem viajar à Rússia para assistir a seleção alemã na Copa do Mundo.

© 2018 AFP

21 Fev.
15:56
Real Madrid vence Leganés e assume 3º lugar na Liga Espanhola

O Real Madrid venceu de virada por 3 a 1 o Leganés, nesta quarta-feira em partida adiada válida pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol, e assumiu o terceiro lugar da competição, que é liderada pelo Barcelona.

Unai Bustinza abriu o placar para o Leganés aos 6 minutos de jogo, mas Lucas Vázquez deixou tudo igual aos 11 e o brasileiro Casemiro virou o jogo para o Real aos 29. Nos acréscimos, Sergio Ramos converteu pênalti para selar a vitória merengue.

A partida havia sido adiada em dezembro devido à participação do Real Madrid no Mundial de Clubes. Com o resultado, os comandados de Zinedine Zidane chegam a 48 pontos e assumem o terceiro lugar da Liga Espanha, superando o Valencia (46 pontos) na tabela.

O Barcelona, com 62 pontos, segue na liderança isolada da competição, seguido por Atlético de Madrid (55).

Classificação: Pts J V E D GP GS SG

1. Barcelona 62 24 19 5 0 62 11 51

2. Atlético de Madrid 55 24 16 7 1 36 9 27

3. Real Madrid 48 24 14 6 4 58 27 31

4. Valencia 46 24 14 4 6 47 28 19

5. Sevilla 39 24 12 3 9 31 35 -4

6. Villarreal 38 24 11 5 8 35 29 6

7. Eibar 35 24 10 5 9 32 36 -4

8. Girona 34 24 9 7 8 34 30 4

9. Getafe 33 24 8 9 7 29 21 8

10. Betis 33 24 10 3 11 41 50 -9

11. Celta 32 24 9 5 10 41 37 4

12. Real Sociedad 29 24 8 5 11 46 45 1

13. Leganés 29 24 8 5 11 21 28 -7

14. Athletic 28 24 6 10 8 24 27 -3

15. Alavés 28 24 9 1 14 22 33 -11

16. Espanyol 27 24 6 9 9 22 32 -10

17. Levante 20 24 3 11 10 21 38 -17

18. Las Palmas 18 24 5 3 16 18 52 -34

19. La Coruña 17 24 4 5 15 24 53 -29

20. Málaga 13 24 3 4 17 15 38 -23

© 2018 AFP

21 Fev.
15:08
Napoli precisa de virada para seguir na Liga Europa

O Napoli, líder do Campeonato Italiano, poderá se despedir precocemente da Liga Europa: a equipe do técnico Maurizio Sarri perdeu por 3 a 1 em casa na ida da segunda fase diante do Leipzig e agora precisa de uma grande virada na Alemanha, nesta quinta-feira.

Esta partida será um dos destaques da rodada nos jogos de volta da segunda fase da Liga Europa, com os atuais vice-campeões alemães se apresentando com grandes chances de eliminar um dos favoritos ao título.

Tanto Napoli como Leipzig chegaram a esta Liga Europa oriundos da Liga dos Campeões, na qual terminaram na terceira colocação de seus respectivos grupos e não puderam se classificar às oitavas de final.

Em Bérgamo, haverá outro duelo entre Itália e Alemanha: o Atalanta recebe o Borussia Dortmund. na ida, a equipe de Dortmund sofreu para vencer por 3 a 2 e agora tentará defender a pequena vantagem fora de casa.

As missões de outros pesos pesados do continente, Milan, Arsenal e Atlético de Madrid, se apresentem bem mais acessíveis. Os três venceram com facilidade os jogos de ida e agora só precisam administrar o resultado.

Milan e Arsenal jogarão como locais com as vantagens das vitórias por 3 a 0 sobre o Ludogorets búlgaro e o Ostersund sueco, respectivamente, enquanto o Atlético superou por 4 a 1 na Dinamarca o Copenhague na ida.

Também tem a vaga encaminhada o Athletic Bilbao, que venceu por 3 a 1 na Rússia o Spartak Moscou.

Os outros espanhóis na competição terão vidas bem mais complicadas: o Villarreal perdeu por 3 a 1 para o Lyon na França, enquanto a Real Sociedad viaja à Áustria após empatar em 2 a 2 em casa na ida com o Salzburg.

-- Programação dos jogos de volta da segunda fase da Liga Europa:

- Quinta-feira:

(13h00) Lokomotiv (RUS) - Nice (FRA)

(15h00) Sporting Lisboa (POR) - Astana (CAZ)

Lazio (ITA) - Steaua Bucareste (ROM)

Viktoria Plzen (TCH) - Partizan Belgrado (SRV)

Villarreal (ESP) - Lyon (FRA)

RB Leipzig (ALE) - Napoli (ITA)

Zenit (RUS) - Celtic Glasgow (SCO)

Dínamo de Kiev (UCR) - AEK (GRE)

Atlético de Madrid (ESP) - FC Copenhague (DIN)

(17h05) Sporting Braga (POR) - Olympique de Marselha (FRA)

Arsenal (ING) - Östersund (SUE)

Milan (ITA) - Ludogorets (BUL)

Salzburg (AUT) - Real Sociedad (ESP)

Athletic Bilbao (ESP) - Spartak Moscou (RUS)

Atalanta (ITA) - Borussia Dortmund (ALE)

© 2018 AFP

21 Fev.
14:38
Ranieri estaria disposto a deixar Nantes para assumir Itália

O técnico do Nantes, Claudio Ranieri, afirmou que está disposto a deixar o clube francês para assumir a seleção da Itália, em entrevista que foi ao ar nesta quarta-feira na emissora Sky Sport Italia.

"Tenho contrato com o Nantes por dois anos e não recebi nenhuma mensagem, então não posso falar nada", declarou o técnico de 66 anos. "Mas se me contactarem para o trabalho na (seleção da) Itália, eu iria ver o presidente do Nantes e pediria para ser liberado", continuou.

"Qualquer técnico italiano quer dirigir a equipe nacional", insistiu Ranieri, que levou o modesto Leicester ao improvável primeiro título de Premier League de sua história na temporada 2015-16.

O presidente do Nantes, Waldemir Kita, respondeu ao comentário de seu técnico, afirmando que conversaria com Ranieri caso esta situação se apresente.

"Não sou alguém que freia as ambições profissionais e pessoais. Se eu estivesse em seu lugar, faria o mesmo", reconheceu Kita.

O nome de Ranieri, um experiente andarilho do futebol que já treinou equipes como Juventus, Roma, Chelsea, Atlético de Madrid ou Valencia, é regularmente cogitado para ser o substituto de Gian Piero Ventura, que deixou o cargo de técnico da Itália após não conseguir a classificação para a Copa do Mundo da Rússia.

Outros nomes também são cogitados, como os de Roberto Mancini (Zenit), Antonio Conte (Chelsea) ou Carlo Ancelotti, que está desempregado desde que foi demitido do Bayern de Munique em setembro.

O novo técnico da Itália não será revelado até junho. Luigi Di Biagio, técnico da seleção sub-21 italiana, foi designado em fevereiro para ser o técnico interino da equipe principal, de cara para os amistosos contra Argentino (23 de março) e Inglaterra (27 de março).

Ranieri treina o Nantes desde o início da atual temporada. O clube francês ocupa atualmente a respeitável 5ª colocação do Campeonato Francês.

© 2018 AFP

Mais Notícias