Bem-vindo
Classificação
Classificação do Time
Classificação dos Jogadores
Regular
Regular
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
28
18
7
7
4
19
16
3
27
18
7
6
5
21
19
2
5
26
18
7
5
6
27
26
1
26
18
8
2
8
26
27
-1
24
18
7
3
8
19
25
-6
20
18
6
2
10
26
29
-3
14
18
4
2
12
16
38
-22
12
18
2
6
10
19
35
-16
Player
Gols
J
1
Cavani, Edinson
Uruguai
10
15
2
Jesus, Gabriel
Brasil
7
10
2
Messi, Lionel
Argentina
7
10
4
Caicedo, Felipe
Equador
7
13
5
Sánchez, Alexis
Chile
7
17
6
Paulinho
Brasil
6
11
7
Rodríguez, James
Colômbia
6
13
8
Neymar
Brasil
6
14
9
Vidal, Arturo
Chile
6
15
10
Guerrero, Paolo
Peru
6
17
11
Flores, Edison
Peru
5
12
11
Valencia, Enner
Equador
5
12
13
Suárez, Luis
Uruguai
5
13
14
Martínez, Josef
Venezuela
5
15
15
Vargas, Eduardo
Chile
5
16
16
Lezcano, Dario
Paraguai
4
9
17
Otero, Rómulo
Venezuela
4
11
18
Coutinho, Philippe
Brasil
4
13
19
Arce, Juan Carlos
Bolívia
4
14
20
Cueva, Christian
Peru
4
16
21
Willian
Brasil
4
17
22
Escobar, Pablo
Bolívia
3
5
23
Farfán, Jefferson
Peru
3
6
24
Cáceres, Martín
Uruguai
3
8
25
Bacca, Carlos
Colômbia
3
13
26
Cardona, Edwin
Colômbia
3
15
27
Augusto, Renato
Brasil
3
16
27
Godín, Diego
Uruguai
3
16
29
Ibarra, Romario
Equador
2
2
30
Oliveira, Ricardo
Brasil
2
5
30
Paredes, Esteban
Chile
2
5
30
Pinilla, Mauricio
Chile
2
5
30
Pratto, Lucas
Argentina
2
5
34
Ramallo, Rodrigo
Bolívia
2
6
35
Costa, Douglas
Brasil
2
8
35
Falcao, Radamel
Colômbia
2
8
35
Rolán, Diego
Uruguai
2
8
38
Bolaños, Miller
Equador
2
9
38
Filipe Luís
Brasil
2
9
38
Martínez, Fidel
Equador
2
9
38
Mercado, Gabriel
Argentina
2
9
42
González, Derlis
Paraguai
2
11
42
Villanueva, Mikel
Venezuela
2
11
44
Rodríguez, Cristian
Uruguai
2
13
45
Di María, Ángel
Argentina
2
18
46
Blanco, Richard
Venezuela
1
2
46
Cardozo, Oscar
Paraguai
1
2
46
Pérez, Sebastián
Colômbia
1
2
46
Sanabria, Antonio
Paraguai
1
2
50
Cardozo, Rudy
Bolívia
1
3
50
Koufatti, Jacobo
Venezuela
1
3
50
Rondon, Mário
Venezuela
1
3
50
Valverde, Federico
Uruguai
1
3
54
Álvarez, Gilbert
Bolívia
1
5
54
Arroyo, Michael
Equador
1
5
54
Gutiérrez, Teófilo
Colômbia
1
5
54
Hernández, Abel
Uruguai
1
5
54
Herrera, Yangel
Venezuela
1
5
54
Lavezzi, Ezequiel
Argentina
1
5
54
Mina, Yerry
Colômbia
1
5
54
Santos, Christian
Venezuela
1
5
62
Barrios, Lucas
Paraguai
1
6
62
Benítez, Édgar
Paraguai
1
6
62
Firmino, Roberto
Brasil
1
6
62
Hurtado, Paolo
Peru
1
6
62
Juanpi
Venezuela
1
6
62
Ramírez, Cristian
Equador
1
6
68
Caceres, Víctor
Paraguai
1
7
68
Erazo, Frickson
Equador
1
7
68
Lima, Lucas
Brasil
1
7
68
Marcelo
Brasil
1
7
68
Mena, Ángel
Equador
1
7
73
Aguilar, Abel
Colômbia
1
8
73
Alonso, Junior
Paraguai
1
8
73
Gutiérrez, Felipe
Chile
1
8
73
Lodeiro, Nicolás
Uruguai
1
8
73
Mina, Arturo
Equador
1
8
73
Romero, Angel
Paraguai
1
8
73
Torres, Macnelly
Colômbia
1
8
80
Carrillo, André
Peru
1
9
80
Chumacero, Alejandro
Bolívia
1
9
80
Coates, Sebastián
Uruguai
1
9
80
Higuaín, Gonzalo
Argentina
1
9
80
Montero, Jefferson
Equador
1
9
80
Ortiz, Richard
Paraguai
1
9
80
Pereira, Álvaro
Uruguai
1
9
80
Riveros, Cristián
Paraguai
1
9
80
Valdez, Bruno
Paraguai
1
9
89
Funes Mori, Ramiro
Argentina
1
10
89
Murillo, Jhon
Venezuela
1
10
91
Duk, Yasmani
Bolívia
1
11
91
Ruidíaz, Raúl
Peru
1
11
93
Achilier, Gabriel
Equador
1
12
93
Moreno, Marcelo
Bolívia
1
12
93
Raldes, Ronald
Bolívia
1
12
93
Ramos, Christian
Peru
1
12
93
Valencia, Antonio
Equador
1
12
98
Biglia, Lucas
Argentina
1
13
98
Romero, Óscar
Paraguai
1
13
98
Rondón, Salomón
Venezuela
1
13
101
Tapia, Renato
Peru
1
14
102
Cuadrado, Juan
Colômbia
1
15
102
Otamendi, Nicolás
Argentina
1
15
102
Sánchez, Carlos
Uruguai
1
15
105
Alves, Dani
Brasil
1
17
105
Da Silva, Paulo
Paraguai
1
17
105
Miranda
Brasil
1
17
15 Jun
22:36
"Partimos amargurados", lamenta Messi após derrota na Copa América

O segundo tempo era seu melhor momento no jogo, dizem os argentinos, mas foi exatamente quando levaram dois gols da Colômbia e foram derrotados na estreia na Copa América do Brasil, em Salvador, um resultado que deixou Lionel Messi inconformado.

"Partimos amargurados", declarou rapidamente à imprensa Messi, astro do Barcelona, mas que não consegue repetir os feitos do clube quando veste a camisa alviceleste de seu país.

"É claro que não queríamos começar assim, é óbvio. Mas agora resta levantar a cabeça e seguir em frente", completou.

Embora ferido, o capitão da Argentina confia no poder de recuperação de seus companheiros de seleção: "Acredito que este grupo está pronto para este desafio e vai tentar alcançá-lo".

Messi reconheceu a superioridade colombiana no primeiro tempo, mas afirmou que, no segundo, quando a Argentina encontrou mais liberdade para jogar e vinha melhor na partida, os colombianos souberam matar o jogo.

"Perder é sempre ruim, mas temos que dar nosso máximo. Agora vamos pensar no Paraguai", lembrou Messi, referindo-se ao adversário da próxima quarta-feira em Belo Horizonte, pela segunda rodada do Grupo B da Copa América.

15 Jun
21:53
Colômbia acaba com 20 anos de freguesia para a Argentina com vitória na Copa América

A Colômbia acabou neste sábado com 20 anos de freguesia para a Argentina na Copa América ao vencer por 2 a 0 na estreia dos dois países na competição disputada no Brasil, pela primeira rodada do grupo B, um novo golpe em Lionel Messi vestindo a camisa alviceleste.

Os atacantes Roger Martínez, aos 26 minutos do segundo tempo, e Duván Zapata, aos 41, marcaram os gols da vitória colombiana na Arena Fonte Nova em Salvador diante de 60 mil torcedores.

A vitória representa para a Colômbia, na estreia da era do técnico português Carlos Queiroz à frente da equipe, acabar com 20 anos sem vitórias contra a Argentina em Copas América, desde um trinfo por 3 a 0 na distante edição disputada no Paraguai, em 1999.

Já a Argentina chegou ao Brasil com a obrigação de apagar as frustrações das finais perdidas no Chile-2015 e Centenário-2016 nos Estados Unidos, ambas para os chilenos, e pagar uma dívida de 26 anos sem títulos, desde a Copa América do Equador-1993.

Na próxima rodada, a Colômbia enfrentará o Catar na próxima quarta-feira em São Paulo, enquanto que Messi e companhia medirão forças com o Paraguai.

- Dificuldades -

Messi tinha razão quando disse que "a Colômbia sempre foi osso duro de roer para nós".

Assim que a bola começou a rolar, a Argentina tomou conta da posse de bola, o que provocou o recuo da Colômbia, que em cinco minutos de jogo já havia permitido duas cobranças de escanteios.

Quando começava a encontrar espaços para contra-atacar, a Colômbia acabou sofrendo com a falta de sorte, depois de Luis Muriel cair no gramado com uma lesão no joelho esquerdo, sendo substituído por Roger Martínez.

A entrada do Martínez deu uma dinâmica interessante ao ataque colombiano, tendo inclusive a primeira chance de gol da partida, aos 17 minutos.

O lance injetou novo ânimo à Colômbia que equilibrou de vez a partida.

Enquanto Cuadrado e Falcao complicavam a vida da zaga argentina, Messi esteve sumido no primeiro tempo, pouco aparecendo para fazer a diferença e pouco ajudado pelos inoperantes Aguero e Di Maria.

- Colômbia ataca -

No segundo tempo, o técnico argentino Lionel Scaloni tentou sacudir seu sistema ofensivo tirando o veterano Di Maria e colocando Rodrigo de Paul para completar o trio de ataque ao lado de Messi e Aguero.

A mudança pareceu surtir efeito e a Argentina encontrou seu melhor futebol no jogo nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, com Messi um pouco mais recuado, armando o jogo, e a Colômbia assustada.

A Argentina testou o goleiro Ospina pela primeira vez com um chute de Paredes que o camisa 1 defendeu com um lindo pulo. Minutos depois, Messi também teve chance em cabeçada de dentro da pequeno área, mas a bola foi para fora.

Os colombianos pareciam só esperar um vacilo do adversário para decidir a partida, e foi o que aconteceu aos 26.

Uma mudança de posição de James com Roger Martínez confundiu a marcação argentina e Martínez, pela ponta esquerda, recebeu lançamento, foi para cima de Saraiva e soltou uma bomba de fora dá área que foi morrer no canto do gol de Armani.

Um gol devastador para a Argentina de Messi, que sentiu o baque e, embora tenha se lançado ao ataque, acabou levando o tiro de misericórdia em outro contra-ataque, em jogada finalizada por Zapata a quatro minutos do apito final.

15 Jun
18:42
Sergio Ramos e Pilar Rubio se casam na Espanha

O capitão do Real Madrid e da seleção espanhola, Sergio Ramos, casou-se neste sábado com a apresentadora de TV Pilar Rubio, em uma cerimônia para mais de 400 convidados.

O casal disse o "sim" nesta tarde, na catedral de Sevilha, diante de personalidades do futebol e da sociedade.

Para o delírio das centenas de pessoas que foram até a catedral para ver os convidados, estiveram presentes nomes como Luka Modric, Jordi Alba, o ex-jogador David Beckham acompanhado da mulher, Victoria, e o goleiro da Costa Rica Keylor Navas, entre outros.

Ramos chegou à catedral acompanhado de sua mãe, e a noiva entrou exibindo um buquê preto. A cerimônia durou cerca de uma hora.

"Foi muito emocionante", disse Pilar na entrada da quinta "La alegría SR4", que Sergio Ramos possui em Bollullos de la Mitación, perto de Sevilha, onde será servido o banquete nupcial, obra do chef Dani García, e acontecerá a festa.

"É um dia especial, inesquecível, um sentimento único ver a mulher que você ama entrar esplêndida como ela estava", disse Ramos. "Acredito que, no fim, o amor é o motor que move o mundo, e nós temos uma família maravilhosa, que conjuga tudo isso", festejou o jogador, que se casou após sete anos de relacionamento e três filhos.

Os convidados tiveram que deixar o celular na entrada da quinta, uma vez que os noivos não queriam câmeras na festa, segundo a imprensa. Eles tiveram que mostrar uma pequena tatuagem adesiva de unicórnio para ter acesso ao local.

"Há vários ambientes, diferentes áreas, para atender a todos os gostos", disse Ramos. "Fui a muitos casamentos na minha vida, mas, como este, acredito que não haverá nenhum."

Após atender aos jornalistas, o casal entrou na quinta para dar início à longa noite de celebração.

15 Jun
18:36
Peru sofre com VAR e fica no 0-0 com Venezuela na Copa América

Peru e Venezuela tiveram que se contentar com um empate sem gol neste sábado, em um duelo disputado em Porto Alegre pelo Grupo A da Copa América e marcado pelo uso do VAR para anular dois gols peruanos.

O empate deixa as duas equipes na segunda colocação do Grupo A, atrás do Brasil, que abriu a competição na sexta-feira com uma vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia.

O VAR acabou sendo o grande inimigo de uma equipe peruana que teve mais chances de gol durante a partida, mas que sofreu com a anulação de gols de Christopher Gonzales no primeiro tempo e Jefferson Farfán no segundo.

Após o apito inicial, a partida sofreu para ganhar em ritmo devido às recorrentes faltas das duas equipes, mas o time peruano do técnico Ricardo Gareca mostrou maior vocação ofensiva contra uma seleção 'Vinho Tinto' que preferiu se fechar atrás e apostar nos contra-ataques, principalmente após a expulsão de Luis Mago, aos 30 minutos da segunda etapa.

- VAR mata grito de gol -

O Peru iniciou a partida mais bem postado e rapidamente ganhou campo. Aos 10 minutos teve a primeira grande chance em falta alçada na área que terminou no gol de Gonzalez, mas, após reclamação venezuelana, o lance foi anulado devido a uma falta do ataque peruano.

O susto ligou o alerta na Venezuela, que conseguiu reequilibrar a partida, mas cometendo muitas faltas, parando as jogadas de perigo do jeito que desse.

No ataque, o centroavante Salomón Rondón fazia o que podia para tentar levar perigo ao gol do goleiro peruano Gallese, mas, muito bem marcado, foi praticamente anulado.

Com o jogo truncado, Paolo Guerrero, atacante do Internacional e grande ídolo do Peru, tentou fazer a diferença na bola parada e uma falta batida com categoria aos 40 minutos de jogo só não entrou devido a uma grande defesa do goleiro Faríñez.

- Peru fica no quase -

Na volta do intervalo, Gareca tentou dar mais velocidade ao meio de campo peruano tirando Cueva, ex-São Paulo e hoje no Santos, e colocando Edinson Flores.

Do lado venezuelano, a velocidade também era a grande aposta e dois ataques promissores no início do segundo tempo terminaram com chutes para fora.

Foi então que chegou a segunda intervenção do VAR na partida: aos 17 minutos, Farfán apareceu bem na área, se adiantou à marcação e cabeceou colocado um cruzamento da esquerda.

Mas a comemoração não durou muito. O bandeirinha já tinha visto um impedimento de Flores na origem do cruzamento, o que VAR confirmou ao ouvido do árbitro.

Já com um a mais, após a expulsão por duplo cartão amarelo de Mago, o Peru se lançou ao ataque nos minutos finais, mas esbarrou na péssima pontaria ou no sólido goleiro Faríñez, que garantiu um pontinho para cada lado na estreia na Copa América.

15 Jun
18:08
Canadá vence Nova Zelândia e se junta à Holanda nas oitavas da Copa do Mundo

O Canadá se classificou neste sábado às oitavas de final da Copa do Mundo da França-2019 de futebol feminino graças à vitória por 2 a 0 sobre a Nova Zelândia, se juntando assim à Holanda na próxima fase, outra classificada do grupo E.

Jessie Fleming abriu o placar aos 3 minutos do segundo tempo e Nichelle Prince fechou a conta aos 34 minutos para as canadense, após um primeiro tempo de poucas emoções.

Com duas vitórias no mesmo número de partidas, o Canadá soma 6 pontos e tem garantido terminar entre as duas primeiras seleções do grupo E, antes da 'final' para definir o primeiro lugar da chave contra as holandesas, em 20 de junho.

15 Jun
12:39
Holanda vence Camarões e vai às oitavas da Copa do Mundo feminina

A Holanda se classificou neste sábado às oitavas de final da Copa do Mundo da França-2019 de futebol feminino ao vencer por 3 a 1 Camarões, assumindo a liderança do grupo E da competição.

As campeãs da Europa somaram uma segunda vitória em dois jogos graças aos dois gols de Vivianne Miedema (41, 85) e outro de Dominique Bloodworth (48) num estádio de Hainaut, em Valenciennes, tomado pela fanática torcida laranja. Já as camaronesas chegaram a empatar a partida momentaneamente com Gabrielle Aboudi Onguene (43).

Apesar do domínio da posse de bola durante toda a partida, as holandesas sofreram com a força física e velocidade das adversárias africanas, que conseguiram equilibrar a partida contra as atuais campeões europeias.

E foi justamente na reta final da partida, quando as camaronesas aparentaram um maior desgaste físico, que a Holanda conseguiu definir a vitória na base de jogadas ensaidas em bolas paradas e rápidos contra-ataques.

Com seis pontos, a Holanda assume provisoriamente a liderança do grupo E à espera da partida do Canadá (3 pts), que também pode garantir vaga nas oitavas de final em caso de vitória ainda neste sábado sobre a Nova Zelândia em Grenoble.

15 Jun
01:27
Equador espera surpreender na Copa América

A seleção equatoriana vai "criar surpresas" na Copa América Brasil-2019, advertiu nesta sexta-feira o zagueiro central Arturo Mina, citando o exemplo do ciclista compatriota Richard Carapaz, que há menos de duas semanas se sagrou campeão do Giro d´Italia.

O esporte no Equador "está subindo muito seu nível. Acho que há esportistas que estão levantando o país e esperamos que nós também possamos fazer isso", disse Mina aos jornalistas ao ser perguntado sobre o triunfo de Carapaz, de 26 anos, em uma das principais provas do ciclismo.

Também nesta sexta, a seleção equatoriana derrotou a Itália por 1 a 0 e acabou na terceira posição no Mundial Sub-20 disputado na Polônia, fazendo assim sua melhor campanha neste torneio.

"Vamos criar surpresas", comentou o zagueiro no início dos treinos da equipe comandada pelo colombiano Hernán Darío Gómez em Belo Horizonte, cidade onde no domingo vai estrear na Copa América contra o Uruguai.

No Brasil, Mina espera que tenha uma chance, já que a dupla de zagueiros centrais no domingo deverá ser formada pelo capitão Gabriel Achilier e Robert Arboleda.

"Se eu tiver que entrar, estou em condições", garantiu o jogador do Yeni Malatyaspor da Turquia.

Mina se mostrou ambicioso ao falar das chances do Equador: "Nosso objetivo é vencê-la, mas temos adversários difíceis (...). Jogo a jogo, vamos vendo o que acontece".

O primeiro desses adversários é o Uruguai de Luis Suárez e Edinson Cavani. "Difícil, muito difícil, dificílimo jogar contra esses jogadores que são artilheiros de suas equipes e atuam nas grandes ligas", disse o defensor, embora tenha destacado que a seleção equatoriana trabalha para detê-los.

O Equador está no Grupo C com Uruguai, Chile e Japão.

15 Jun
01:25
Equador espera surpreender na Copa América
15 Jun
00:43
Cristiano Ronaldo é chamado a depor por denúncia de estupro

O português Cristiano Ronaldo foi convocado para depor em um tribunal de Las Vegas no caso em que é acusado de estupro de uma jovem americana há dez anos, segundo documentos entregues por seus advogados à justiça.

O cinco vezes ganhador da Bola de Ouro é alvo de uma investigação por suposto estupro de Kathryn Mayorga, hoje com 35 anos, que afirma que o atual jogador da Juventus lhe atacou em um hotel de Las Vegas no dia 13 de junho de 2009.

Segundo Mayorca, Cristiano Ronaldo forçou a relação sexual após ela se negar a mantê-la.

O procedimento judicial começou em setembro passado, quando a ex-modelo acionou a justiça.

Vários veículos americanos informaram que os advogados de Mayorga tiveram problemas para entregar a Cristiano Ronaldo a citação judicial para comparecer ao tribunal de Las Vegas, como exige a lei de Nevada.

Segundo os documentos entregues nesta sexta-feira pelos advogados de Cristiano Ronaldo, o jogador de 34 anos já foi citado, o que permitirá que o procedimento siga seu curso.

A polícia de Las Vegas havia solicitado às autoridades italianas uma amostra de DNA de Cristiano Ronaldo, uma medida habitual em casos similares.

15 Jun
00:42
Cristiano Ronaldo é chamado a depor por denúncia de estupro
Mais Notícias