Bem-vindo
Partidas
Classificação
Classificação do Time
Classificação dos Jogadores
Group A
Group B
Group C
Group D
Group E
Group F
Group G
Group H
Group A
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
6
6
1
3
2
6
5
1
1
6
0
1
5
2
14
-12
Group B
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
6
7
-1
4
2
6
0
2
4
6
13
-7
Group C
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
9
6
2
3
1
7
5
2
4
6
1
1
4
5
17
-12
Group D
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
4
6
1
1
4
5
8
-3
3
6
1
0
5
4
12
-8
Group E
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
7
6
2
1
3
6
11
-5
4
0
6
0
0
6
2
13
-11
Group F
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
6
6
1
3
2
8
16
-8
3
6
0
3
3
11
14
-3
Group G
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
7
6
2
1
3
7
16
-9
7
6
2
1
3
8
9
-1
Group H
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
6
6
0
4
6
1
1
4
4
12
-8
Player
Gols
J
1
Messi, Lionel
FC Barcelona
12
10
3
2
Lewandowski, Robert
FC Bayern München
8
8
0
3
Agüero, Sergio
Manchester City
6
7
1
4
Cristiano Ronaldo
Juventus
6
9
2
4
Maréga, Moussa
FC Porto
6
9
2
6
Tadic, Dušan
Ajax
6
12
5
7
Džeko, Edin
AS Roma
5
6
3
7
Kramaric, Andrej
TSG 1899 Hoffenheim
5
6
1
7
Neymar
Paris Saint-Germain
5
6
2
10
Dybala, Paulo
Juventus
5
9
0
10
Kane, Harry
Tottenham Hotspur
5
9
1
12
Sterling, Raheem
Manchester City
5
10
2
13
Moura, Lucas
Tottenham Hotspur
5
12
0
13
Salah, Mohamed
Liverpool
5
12
2
15
Guerreiro, Raphaël
Borussia Dortmund
4
6
0
15
Icardi, Mauro
Internazionale
4
6
0
15
Jesus, Gabriel
Manchester City
4
6
0
18
Benzema, Karim
Real Madrid
4
8
2
18
Griezmann, Antoine
Atlético Madrid
4
8
2
18
Mbappé, Kylian
Paris Saint-Germain
4
8
5
18
Sané, Leroy
Manchester City
4
8
4
18
Silva, Bernardo
Manchester City
4
8
1
23
Firmino, Roberto
Liverpool
4
12
1
23
Son, Heung-Min
Tottenham Hotspur
4
12
1
25
Mané, Sadio
Liverpool
4
13
1
26
Cornet, Maxwell
Olympique de Lyon
3
5
0
26
Hoarau, Guillaume
BSC Young Boys
3
5
0
28
Bentaleb, Nabil
FC Schalke 04
3
6
0
28
De Jong, Luuk
PSV
3
6
0
28
Fekir, Nabil
Olympique de Lyon
3
6
2
28
Insigne, Lorenzo
Napoli
3
6
0
28
Júnior Moraes
Shakhtar Donetsk
3
6
2
28
Mertens, Dries
Napoli
3
6
0
28
Ünder, Cengiz
AS Roma
3
6
1
28
Vlasic, Nikola
CSKA Moskva
3
6
2
36
Bale, Gareth
Real Madrid
3
7
2
37
Bernat, Juan
Paris Saint-Germain
3
8
0
37
Corona, Jesús
FC Porto
3
8
2
37
Dembélé, Ousmane
FC Barcelona
3
8
1
37
Origi, Divock
Liverpool
3
8
0
41
Silva, David
Manchester City
3
9
2
42
Tagliafico, Nicolás
Ajax
3
10
0
43
Ziyech, Hakim
Ajax
3
11
3
44
Coutinho, Philippe
FC Barcelona
3
12
3
44
Van de Beek, Donny
Ajax
3
12
2
46
Krmencík, Michael
Viktoria Plzen
2
3
0
47
Derdiyok, Eren
Galatasaray
2
4
0
47
Mina, Santi
Valencia CF
2
4
0
47
Pavkov, Milan
Crvena Zvezda
2
4
0
47
Robben, Arjen
FC Bayern München
2
4
1
51
Giménez, José María
Atlético Madrid
2
5
0
51
Klonaridis, Viktor
AEK
2
5
0
51
Taison
Shakhtar Donetsk
2
5
1
54
Chalov, Fedor
CSKA Moskva
2
6
0
54
Grimaldo, Álex
Benfica
2
6
0
54
Ismaily
Shakhtar Donetsk
2
6
3
54
Lozano, Hirving
PSV
2
6
1
54
Sigurdsson, Arnór
CSKA Moskva
2
6
1
54
Soler, Carlos
Valencia CF
2
6
2
54
Vanaken, Hans
Club Brugge
2
6
1
54
Wesley Moraes
Club Brugge
2
6
0
62
Asensio, Marco
Real Madrid
2
7
0
62
Cavani, Edinson
Paris Saint-Germain
2
7
1
62
Koke
Atlético Madrid
2
7
1
62
Zaniolo, Nicolò
AS Roma
2
7
0
66
Di María, Ángel
Paris Saint-Germain
2
8
3
66
N'Dombele, Tanguy
Olympique de Lyon
2
8
0
66
Otavio
FC Porto
2
8
1
69
Herrera, Héctor
FC Porto
2
9
1
69
Llorente, Fernando
Tottenham Hotspur
2
9
1
69
Lukaku, Romelu
Manchester United
2
9
1
69
Militao, Eder
FC Porto
2
9
0
69
Pogba, Paul
Manchester United
2
9
1
74
Laporte, Aymeric
Manchester City
2
10
0
74
Pjanic, Miralem
Juventus
2
10
1
74
Rashford, Marcus
Manchester United
2
10
0
77
De Ligt, Matthijs
Ajax
2
11
0
77
Mazraoui, Noussair
Ajax
2
11
0
77
Neres, David
Ajax
2
11
2
77
Piqué, Gerard
FC Barcelona
2
11
0
81
Eriksen, Christian
Tottenham Hotspur
2
12
4
81
Milner, James
Liverpool
2
12
2
81
Van Dijk, Virgil
Liverpool
2
12
2
81
Wijnaldum, Georginio
Liverpool
2
12
0
85
Groeneveld, Arnaut Danjuma
Club Brugge
1
2
0
85
Jonas
Benfica
1
2
1
85
Rafinha
FC Barcelona
1
2
0
88
Chorý, Tomáš
Viktoria Plzen
1
3
0
88
Coman, Kingsley
FC Bayern München
1
3
0
88
Feghouli, Sofiane
Galatasaray
1
3
0
88
Grandsir, Samuel
AS Monaco
1
3
0
88
Malcom
FC Barcelona
1
3
0
88
Nordtveit, Håvard
TSG 1899 Hoffenheim
1
3
0
88
Semedo, Alfa
Benfica
1
3
0
88
Shchennikov, Georgi
CSKA Moskva
1
3
0
88
Zuber, Steven
TSG 1899 Hoffenheim
1
3
0
97
Costa, Diego
Atlético Madrid
1
4
1
97
De Rossi, Daniele
AS Roma
1
4
0
97
Farfán, Jefferson
Lokomotiv Moskva
1
4
0
97
Foden, Phil
Manchester City
1
4
0
97
Gobeljic, Marko
Crvena Zvezda
1
4
0
97
Isco
Real Madrid
1
4
0
97
Kovarík, Jan
Viktoria Plzen
1
4
0
97
López, Adrián
FC Porto
1
4
0
97
Marcelo
Real Madrid
1
4
1
97
Nainggolan, Radja
Internazionale
1
4
0
97
Oliveira, Sérgio
FC Porto
1
4
0
97
Schöpf, Alessandro
FC Schalke 04
1
4
0
97
Tiquinho Soares
FC Porto
1
4
1
110
Alcácer, Paco
Borussia Dortmund
1
5
1
110
Assale, Roger
BSC Young Boys
1
5
0
110
Batshuayi, Michy
Valencia CF
1
5
0
110
Belfodil, Ishak
TSG 1899 Hoffenheim
1
5
1
110
Bruun Larsen, Jacob
Borussia Dortmund
1
5
1
110
Díaz, Mariano
Real Madrid
1
5
0
110
Dubois, Leo
Olympique de Lyon
1
5
0
110
Embolo, Breel
FC Schalke 04
1
5
0
110
Fellaini, Marouane
Manchester United
1
5
0
110
Inan, Selçuk
Galatasaray
1
5
0
110
Joelinton
TSG 1899 Hoffenheim
1
5
1
110
Kluivert, Justin
AS Roma
1
5
0
110
Marin, Marko
Crvena Zvezda
1
5
3
110
Meunier, Thomas
Paris Saint-Germain
1
5
1
110
Procházka, Roman
Viktoria Plzen
1
5
0
110
Uth, Mark
FC Schalke 04
1
5
0
110
Vecino, Matías
Internazionale
1
5
1
127
Burgstaller, Guido
FC Schalke 04
1
6
0
127
Casemiro
Real Madrid
1
6
0
127
Dembélé, Moussa
Olympique de Lyon
1
6
0
127
Fernandes, Gedson
Benfica
1
6
0
127
Godín, Diego
Atlético Madrid
1
6
0
127
Grillitsch, Florian
TSG 1899 Hoffenheim
1
6
0
127
Hamšík, Marek
Napoli
1
6
1
127
Hejda, Lukas
Viktoria Plzen
1
6
0
127
Hrošovský, Patrik
Viktoria Plzen
1
6
1
127
Hummels, Mats
FC Bayern München
1
6
0
127
Ignatyev, Vladislav
Lokomotiv Moskva
1
6
0
127
Kaderábek, Pavel
TSG 1899 Hoffenheim
1
6
0
127
Keïta, Naby
Liverpool
1
6
0
127
Mahrez, Riyad
Manchester City
1
6
4
127
Martínez, Javi
FC Bayern München
1
6
0
127
Mata, Juan
Manchester United
1
6
0
127
Maycon
Shakhtar Donetsk
1
6
0
127
McKennie, Weston
FC Schalke 04
1
6
1
127
Miranchuk, Anton
Lokomotiv Moskva
1
6
0
127
Nabouhane, Ben
Crvena Zvezda
1
6
0
127
Pellegrini, Lorenzo
AS Roma
1
6
3
127
Reus, Marco
Borussia Dortmund
1
6
1
127
Rodrigues, Garry
Galatasaray
1
6
1
127
Rosario, Pablo
PSV
1
6
1
127
Sanches, Renato
FC Bayern München
1
6
0
127
Seferovic, Haris
Benfica
1
6
0
127
Sylla, Moussa
AS Monaco
1
6
0
127
Vázquez, Lucas
Real Madrid
1
6
1
127
Vormer, Ruud
Club Brugge
1
6
1
156
Manolas, Konstantinos
AS Roma
1
7
0
156
Marquinhos
Paris Saint-Germain
1
7
0
156
Pulisic, Christian
Borussia Dortmund
1
7
0
156
Ribéry, Franck
FC Bayern München
1
7
0
156
Sancho, Jadon
Borussia Dortmund
1
7
1
156
Sturridge, Daniel
Liverpool
1
7
1
156
Tousart, Lucas
Olympique de Lyon
1
7
0
156
Witsel, Axel
Borussia Dortmund
1
7
0
164
Depay, Memphis
Olympique de Lyon
1
8
4
164
Kimpembe, Presnel
Paris Saint-Germain
1
8
0
164
Kroos, Toni
Real Madrid
1
8
2
164
Mandzukic, Mario
Juventus
1
8
0
164
Martial, Anthony
Manchester United
1
8
0
164
Saúl
Atlético Madrid
1
8
0
164
Traoré, Bertrand
Olympique de Lyon
1
8
1
171
Lamela, Erik
Tottenham Hotspur
1
9
2
172
Felipe
FC Porto
1
10
0
172
Suárez, Luis
FC Barcelona
1
10
3
172
Telles, Alex
FC Porto
1
10
3
172
Vertonghen, Jan
Tottenham Hotspur
1
10
1
176
Alba, Jordi
FC Barcelona
1
11
5
176
Schöne, Lasse
Ajax
1
11
2
178
Rakitic, Ivan
FC Barcelona
1
12
2
01 Jun
19:19
Salah aplaude um Liverpool 'incrível' após ganhar a Champions
27 Mai
13:57
Pochettino está otimista com a volta de Kane para a final da Champions
21 Mai
17:10
Alemanha é contra reforma da Champions mas não tem escolha, diz CEO do Dortmund

A oposição alemã ao projeto de reforma da Liga dos Campeões apresentado pela Uefa é o resultado de um "choque das culturas", segundo o presidente do Borussia Dortmund Hans-Joachim Watzke, que no entanto faz um apelo a seus compatriotas pelo compromisso.

A Liga alemã de futebol (DFL) e seus 36 clubes se posicionaram por unanimidade contra o projeto de reforma da Champions que visa uma espécie de "super Liga" europeia, com um núcleo de clubes reconduzidos de um ano para o outro, e um acesso limitado à competição por meio dos campeonatos nacionais.

Os clubes impregnados de cultura americana ou anglo-saxã "não entendem de maneira alguma o que nós sentimos, que uma sociedade fechada não é uma coisa à qual aspiramos. Eles sempre repetem: mas isso vai dar mais segurança no planejamento", disse Watzke nesta terça-feira no Signal Iduna Park, onde ele apresentava diante da imprensa um balanço da temporada do Borussia, vice-campeão da Alemanha.

"Até mesmo o Bayern e nós dissemos claramente: temos que reforçar a posição da Bundesliga", disse o diretor-executivo do Dortmund, que apesar disso avalia que a Alemanha deve assumir um compromisso, para não ficar à margem.

"A reforma chega, de uma forma ou de outra, e nós queremos que ela respeite na medida do possível o sentimento dos alemães (...) Mas ninguém deve acreditar que eles vão adotar 90% de nossas ideias. No fim das contas, eles vão nos dizer: façam o de vocês sozinhos e nós faremos nossa Liga sem vocês".

"Se a Bundesliga se isolar, o futebol alemão morre. Se não ficarmos mais no sistema, não nos desenvolvemos mais", alertou Watzke.

A maioria das ligas europeias se opõe a esta reforma. A Liga espanhola considera até possíveis recursos na justiça. Na França, a Liga (LFP) e a Federação (FFF) do país querem apresentar uma "proposta alternativa" nos próximos dias.

"Nós não vamos decidir nada sem levar em conta as opiniões de cada um", assegurou a Uefa na última sexta-feira, após um encontro em Budapeste com as federações europeias.

21 Mai
17:10
Alemanha é contra reforma da Champions mas não tem escolha, diz CEO do Dortmund
21 Mai
14:30
Roberto Firmino volta a treinar no Liverpool
16 Mai
20:55
Liverpool e Tottenham pedem a patrocinadores que cedam ingressos para a final
10 Mai
11:40
Preços explodem para finais europeias e Klopp chama Uefa de 'irreponsável'

A Uefa é "irresponsável", afirmou nesta sexta-feira o técnico do Liverpool, Jurgen Klopp, após diversos torcedores se mostrarem indignados com os preços das passagens e dos ingressos para as finais das Copas da Europa, que só terão clubes ingleses.

Tottenham e Liverpool farão a final da Liga dos Campeões em 1 de junho, em Madri, enquanto Arsenal e Chelsea se enfrentam na decisão da Liga Europa no dia 29 de maio, em Baku.

Os torcedores dos clubes londrinos terão que planejar uma viagem de 9.000 quilômetros de ida e volta até a capital do Azerbaijão.

"Os cara (da Uefa) que decidem o local das finais, eu não sei o que eles têm na cabeça... Baku, eu nem sei como chegar lá, nem sei se há voos diretos para este destino", lamentou o técnico alemão do Liverpool.

"Essas decisões precisam ser melhor pensadas, eles precisam mostrar mais consideração com os fãs quando escolhem as cidades que receberão as finais. É irresponsável, não sei como fazem isso", continuou Klopp.

De fato, não há voo direto de Londres para Baku previsto para a semana anterior à final da Liga Europa.

Os torcedores de Arsenal e Chelsea também ficaram irritados ao descobrir que a Uefa reservou apenas 6.000 ingressos para cada clube classificado à final da Liga Europa, para um estádio olímpico com capacidade para 68.700 espectadores.

O Arsenal, que também declarou publicamente sua insatisfação com o número de ingressos reservados, acredita que seus torcedores terão que desembolsar mais de 1.100 euros para ir e voltar de Baku. Isso sem contar os custos com alojamento e ingresso.

Os torcedores de Liverpool e Tottenham, que terão mais facilidades para chegar até Madri, palco da final da Champions, também viram os preços das passagens, dos hotéis e dos ingressos explodirem bruscamente.

"Nossa felicidade de chegar à final foi extinguida pelo preço da viagem, do alojamento e dos ingressos", criticaram os torcedores dos dois clubes em nota conjunta. "Os preços dos voos para Madri e para as cidades próximas aumentaram em 840%. Os preços de quartos de hotéis estão custando mais de 1.100 euros por noite e os ingressos para o jogo custam mais de 600 euros. Isso é extorsão".

"É preciso transparência da Uefa e por parte de nossos clubes sobre a maneira como os preços dos ingressos são decididos e como estes são distribuídos", concluíram os torcedores em comunicado.

kca/jw/bdx/am

AFC AJAX

10 Mai
11:38
Preços explodem para finais europeias e Klopp chama Uefa de 'irreponsável'
04 Mai
13:24
Espérance e Wydad Casablanca jogarão final da Champions africana
01 Mai
13:27
Barça vai de Coutinho e Vidal, Liverpool sem Firmino na Champions

O Barcelona optou por fortalecer o meio de campo com o chileno Arturo Vidal no lugar de Arthur e Coutinho manteve a vaga no ataque para o confronto de ida das semifinais da Champions contra o Liverpool, que não terá Firmino na equipe titular, nesta quarta-feira.

No Camp Nou, o técnico do Barça, Ernesto Valverde, optou pela força física de Vidal e pela técnica de Coutinho, deixando no banco Arthur, jogador de mais posse de bola, e o veloz Ousmane Dembélé.

Coutinho, ex-jogador do Liverpool que se transferiu em 2018 ao Barcelona por 160 milhões de euros, acompanhará no ataque Luis Suárez, outro ex-Red, e Lionel Messi, artilheiro da Champions com 10 gols.

Do lado do Liverpool, a incerteza estava na escalação de Firmino, vítima de um problema na coxa. Depois de treinar na terça-feira, o atacante brasileiro acabou sendo deixado no banco, com Mané e Salah fazendo dupla de ataque e Wijnaldum no apoio.

Escalações:

Barcelona: Ter Stegen - Sergi Roberto, Piqué, Lenglet, Alba - Rakitic, Busquets, Vidal - Messi (cap.), Suarez, Coutinho.

Técnico: Ernesto Valverde (ESP)

Liverpool: Allison Becker - Gomez, Matip, Van Dijk, Robertson - Fabinho, Milner (cap.), N. Keita - Salah, Mané, Wijnaldum.

Técnico: Jürgen Klopp (ALE)

Árbitro: Björn Kuipers (HOL)

Mais Notícias