Bem-vindo
Partidas
Término
Próximos eventos
UEFA Champions League
Dia 1
Classificação
Classificação do Time
Classificação dos Jogadores
Group A
Group B
Group C
Group D
Group E
Group F
Group G
Group H
Group A
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
6
6
1
3
2
6
5
1
1
6
0
1
5
2
14
-12
Group B
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
6
7
-1
4
2
6
0
2
4
6
13
-7
Group C
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
9
6
2
3
1
7
5
2
4
6
1
1
4
5
17
-12
Group D
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
4
6
1
1
4
5
8
-3
3
6
1
0
5
4
12
-8
Group E
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
7
6
2
1
3
6
11
-5
4
0
6
0
0
6
2
13
-11
Group F
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
6
6
1
3
2
8
16
-8
3
6
0
3
3
11
14
-3
Group G
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
7
6
2
1
3
7
16
-9
7
6
2
1
3
8
9
-1
Group H
Times
Pts
J
V
E
D
GM
GS
+/-
8
6
2
2
2
6
6
0
4
6
1
1
4
4
12
-8
Player
Gols
J
1
Messi, Lionel
FC Barcelona
10
8
3
2
Lewandowski, Robert
FC Bayern München
8
8
0
3
Agüero, Sergio
Manchester City
6
7
1
4
Cristiano Ronaldo
Juventus
6
9
2
4
Maréga, Moussa
FC Porto
6
9
2
6
Tadic, Dušan
Ajax
6
10
4
7
Džeko, Edin
AS Roma
5
6
3
7
Kramaric, Andrej
TSG 1899 Hoffenheim
5
6
1
7
Neymar
Paris Saint-Germain
5
6
2
10
Kane, Harry
Tottenham Hotspur
5
8
1
11
Dybala, Paulo
Juventus
5
9
0
12
Sterling, Raheem
Manchester City
5
10
2
13
Guerreiro, Raphaël
Borussia Dortmund
4
6
0
13
Icardi, Mauro
Internazionale
4
6
0
13
Jesus, Gabriel
Manchester City
4
6
0
16
Benzema, Karim
Real Madrid
4
8
2
16
Griezmann, Antoine
Atlético Madrid
4
8
2
16
Mbappé, Kylian
Paris Saint-Germain
4
8
5
16
Sané, Leroy
Manchester City
4
8
4
16
Silva, Bernardo
Manchester City
4
8
1
21
Firmino, Roberto
Liverpool
4
10
1
21
Mané, Sadio
Liverpool
4
10
1
21
Salah, Mohamed
Liverpool
4
10
2
21
Son, Heung-Min
Tottenham Hotspur
4
10
1
25
Cornet, Maxwell
Olympique de Lyon
3
5
0
25
Hoarau, Guillaume
BSC Young Boys
3
5
0
27
Bentaleb, Nabil
FC Schalke 04
3
6
0
27
De Jong, Luuk
PSV
3
6
0
27
Fekir, Nabil
Olympique de Lyon
3
6
2
27
Insigne, Lorenzo
Napoli
3
6
0
27
Júnior Moraes
Shakhtar Donetsk
3
6
2
27
Mertens, Dries
Napoli
3
6
0
27
Ünder, Cengiz
AS Roma
3
6
1
27
Vlasic, Nikola
CSKA Moskva
3
6
2
35
Bale, Gareth
Real Madrid
3
7
2
35
Dembélé, Ousmane
FC Barcelona
3
7
1
37
Bernat, Juan
Paris Saint-Germain
3
8
0
37
Corona, Jesús
FC Porto
3
8
2
37
Tagliafico, Nicolás
Ajax
3
8
0
40
Silva, David
Manchester City
3
9
2
41
Coutinho, Philippe
FC Barcelona
3
10
3
42
Krmencík, Michael
Viktoria Plzen
2
3
0
43
Derdiyok, Eren
Galatasaray
2
4
0
43
Mina, Santi
Valencia CF
2
4
0
43
Pavkov, Milan
Crvena Zvezda
2
4
0
43
Robben, Arjen
FC Bayern München
2
4
1
47
Giménez, José María
Atlético Madrid
2
5
0
47
Klonaridis, Viktor
AEK
2
5
0
47
Taison
Shakhtar Donetsk
2
5
1
50
Chalov, Fedor
CSKA Moskva
2
6
0
50
Grimaldo, Álex
Benfica
2
6
0
50
Ismaily
Shakhtar Donetsk
2
6
3
50
Llorente, Fernando
Tottenham Hotspur
2
6
1
50
Lozano, Hirving
PSV
2
6
1
50
Sigurdsson, Arnór
CSKA Moskva
2
6
1
50
Soler, Carlos
Valencia CF
2
6
2
50
Vanaken, Hans
Club Brugge
2
6
1
50
Wesley Moraes
Club Brugge
2
6
0
59
Asensio, Marco
Real Madrid
2
7
0
59
Cavani, Edinson
Paris Saint-Germain
2
7
1
59
Koke
Atlético Madrid
2
7
1
59
Zaniolo, Nicolò
AS Roma
2
7
0
63
Di María, Ángel
Paris Saint-Germain
2
8
3
63
N'Dombele, Tanguy
Olympique de Lyon
2
8
0
63
Otavio
FC Porto
2
8
1
66
Eriksen, Christian
Tottenham Hotspur
2
9
4
66
Herrera, Héctor
FC Porto
2
9
1
66
Lukaku, Romelu
Manchester United
2
9
1
66
Mazraoui, Noussair
Ajax
2
9
0
66
Militao, Eder
FC Porto
2
9
0
66
Milner, James
Liverpool
2
9
2
66
Moura, Lucas
Tottenham Hotspur
2
9
0
66
Piqué, Gerard
FC Barcelona
2
9
0
66
Pogba, Paul
Manchester United
2
9
1
66
Van Dijk, Virgil
Liverpool
2
9
2
66
Ziyech, Hakim
Ajax
2
9
2
77
Laporte, Aymeric
Manchester City
2
10
0
77
Neres, David
Ajax
2
10
2
77
Pjanic, Miralem
Juventus
2
10
1
77
Rashford, Marcus
Manchester United
2
10
0
77
Van de Beek, Donny
Ajax
2
10
2
82
Groeneveld, Arnaut Danjuma
Club Brugge
1
2
0
82
Jonas
Benfica
1
2
1
82
Malcom
FC Barcelona
1
2
0
82
Rafinha
FC Barcelona
1
2
0
86
Chorý, Tomáš
Viktoria Plzen
1
3
0
86
Coman, Kingsley
FC Bayern München
1
3
0
86
Feghouli, Sofiane
Galatasaray
1
3
0
86
Grandsir, Samuel
AS Monaco
1
3
0
86
Nordtveit, Håvard
TSG 1899 Hoffenheim
1
3
0
86
Semedo, Alfa
Benfica
1
3
0
86
Shchennikov, Georgi
CSKA Moskva
1
3
0
86
Zuber, Steven
TSG 1899 Hoffenheim
1
3
0
94
Costa, Diego
Atlético Madrid
1
4
1
94
De Rossi, Daniele
AS Roma
1
4
0
94
Farfán, Jefferson
Lokomotiv Moskva
1
4
0
94
Foden, Phil
Manchester City
1
4
0
94
Gobeljic, Marko
Crvena Zvezda
1
4
0
94
Isco
Real Madrid
1
4
0
94
Kovarík, Jan
Viktoria Plzen
1
4
0
94
López, Adrián
FC Porto
1
4
0
94
Marcelo
Real Madrid
1
4
1
94
Nainggolan, Radja
Internazionale
1
4
0
94
Oliveira, Sérgio
FC Porto
1
4
0
94
Schöpf, Alessandro
FC Schalke 04
1
4
0
94
Tiquinho Soares
FC Porto
1
4
1
107
Alcácer, Paco
Borussia Dortmund
1
5
1
107
Assale, Roger
BSC Young Boys
1
5
0
107
Batshuayi, Michy
Valencia CF
1
5
0
107
Belfodil, Ishak
TSG 1899 Hoffenheim
1
5
1
107
Bruun Larsen, Jacob
Borussia Dortmund
1
5
1
107
Díaz, Mariano
Real Madrid
1
5
0
107
Dubois, Leo
Olympique de Lyon
1
5
0
107
Embolo, Breel
FC Schalke 04
1
5
0
107
Fellaini, Marouane
Manchester United
1
5
0
107
Inan, Selçuk
Galatasaray
1
5
0
107
Joelinton
TSG 1899 Hoffenheim
1
5
1
107
Keïta, Naby
Liverpool
1
5
0
107
Kluivert, Justin
AS Roma
1
5
0
107
Marin, Marko
Crvena Zvezda
1
5
3
107
Meunier, Thomas
Paris Saint-Germain
1
5
1
107
Procházka, Roman
Viktoria Plzen
1
5
0
107
Uth, Mark
FC Schalke 04
1
5
0
107
Vecino, Matías
Internazionale
1
5
1
125
Burgstaller, Guido
FC Schalke 04
1
6
0
125
Casemiro
Real Madrid
1
6
0
125
Dembélé, Moussa
Olympique de Lyon
1
6
0
125
Fernandes, Gedson
Benfica
1
6
0
125
Godín, Diego
Atlético Madrid
1
6
0
125
Grillitsch, Florian
TSG 1899 Hoffenheim
1
6
0
125
Hamšík, Marek
Napoli
1
6
1
125
Hejda, Lukas
Viktoria Plzen
1
6
0
125
Hrošovský, Patrik
Viktoria Plzen
1
6
1
125
Hummels, Mats
FC Bayern München
1
6
0
125
Ignatyev, Vladislav
Lokomotiv Moskva
1
6
0
125
Kaderábek, Pavel
TSG 1899 Hoffenheim
1
6
0
125
Mahrez, Riyad
Manchester City
1
6
4
125
Martínez, Javi
FC Bayern München
1
6
0
125
Mata, Juan
Manchester United
1
6
0
125
Maycon
Shakhtar Donetsk
1
6
0
125
McKennie, Weston
FC Schalke 04
1
6
1
125
Miranchuk, Anton
Lokomotiv Moskva
1
6
0
125
Nabouhane, Ben
Crvena Zvezda
1
6
0
125
Pellegrini, Lorenzo
AS Roma
1
6
3
125
Reus, Marco
Borussia Dortmund
1
6
1
125
Rodrigues, Garry
Galatasaray
1
6
1
125
Rosario, Pablo
PSV
1
6
1
125
Sanches, Renato
FC Bayern München
1
6
0
125
Seferovic, Haris
Benfica
1
6
0
125
Sturridge, Daniel
Liverpool
1
6
1
125
Sylla, Moussa
AS Monaco
1
6
0
125
Vázquez, Lucas
Real Madrid
1
6
1
125
Vormer, Ruud
Club Brugge
1
6
1
154
Manolas, Konstantinos
AS Roma
1
7
0
154
Marquinhos
Paris Saint-Germain
1
7
0
154
Pulisic, Christian
Borussia Dortmund
1
7
0
154
Ribéry, Franck
FC Bayern München
1
7
0
154
Sancho, Jadon
Borussia Dortmund
1
7
1
154
Tousart, Lucas
Olympique de Lyon
1
7
0
154
Vertonghen, Jan
Tottenham Hotspur
1
7
1
154
Witsel, Axel
Borussia Dortmund
1
7
0
162
Depay, Memphis
Olympique de Lyon
1
8
4
162
Kimpembe, Presnel
Paris Saint-Germain
1
8
0
162
Kroos, Toni
Real Madrid
1
8
2
162
Lamela, Erik
Tottenham Hotspur
1
8
2
162
Mandzukic, Mario
Juventus
1
8
0
162
Martial, Anthony
Manchester United
1
8
0
162
Saúl
Atlético Madrid
1
8
0
162
Traoré, Bertrand
Olympique de Lyon
1
8
1
170
Alba, Jordi
FC Barcelona
1
9
4
170
De Ligt, Matthijs
Ajax
1
9
0
170
Schöne, Lasse
Ajax
1
9
1
173
Felipe
FC Porto
1
10
0
173
Rakitic, Ivan
FC Barcelona
1
10
2
173
Telles, Alex
FC Porto
1
10
3
16 Abr
09:40
Liverpool em vantagem no Porto; Tottenham sem Kane contra o City na Champions
10 Abr
10:49
Lesionado novamente, Kane promete voltar "mais forte que nunca"

O atacante do Tottenham Hary Kane, que voltou a lesionar o tornozelo esquerdo no duelo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões contra o Manchester City, prometeu nesta quarta "voltar mais forte que nunca".

"Muito triste de sair lesionado, mas cada obstáculo dá uma chance de voltar mais forte que nunca. Belo fim de jogo, rapazes!", tuitou o atacante inglês, que pode não jogar mais nesta temporada.

Lesionado após dividida com Fabian Delph aos 10 minutos do segundo tempo, Kane se contorceu de dor à beira do gramado antes de ser levado ao vestiário. Mesmo sem seu artilheiro, o Tottenham acabou vencendo a partida por 1 a 0.

Questionado sobre um possível fim de temporada para seu atacante, o técnico do Tottenham, Mauricio Pochettino simplesmente respondeu que "sim".

"Ele sofreu uma entorse no tornozelo, é uma ação em que ele pode danificar ainda mais os ligamentos. Não parece bom. É doloroso, mas precisamos esperar pelos próximos dias", disse o técnico argentino.

Kane voltou aos gramados no início de março para as oitavas de final da Champions, após várias semanas entregue ao departamento médico para tratar "lesões de ligamento no tornozelo esquerdo" sofridas em janeiro.

O jogo de volta das quartas de final contra o City será em 17 de abril, em Manchester.

mam/sg/am

TOTTENHAM HOTSPUR

10 Abr
10:47
Lesionado novamente, Kane promete voltar "mais forte que nunca"
09 Abr
18:44
Pochettino diz que Kane pode ter fim prematuro de temporada após contusão

O atacante e ídolo do Tottenham, Harry Kane, se machucou mais uma vez no tornozelo esquerdo contra o Manchester City, nesta terça-feira no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, e poderia perder o resto da temporada, revelou o técnico da equipe de Londres, Mauricio Pochettino.

Atingido em um choque com Fabian Delph, aos 10 minutos do segundo tempo, o artilheiro inglês se contorceu de dor antes de voltar ao vestiários, com o apoio de dois membros da comissão técnica dos Spurs.

Perguntado após o jogo sobre a possibilidade de um fim de temporada prematuro para o atacante, Pochettino simplesmente respondeu "sim".

"Ele torceu o tornozelo, é uma ação onde ele ainda pode afetar os ligamentos. Não está com a aparência boa. É doloroso, mas vamos ter que ver nos próximos dias", disse o técnico argentino em entrevista coletiva.

O maior artilheiro da última Copa do Mundo (com 6 gols) foi substituído pelo brasileiro Lucas Moura.

Kane havia voltado à competição no início de março nas oitavas de final após seis semanas de ausência devido a "lesões de ligamentos no tornozelo esquerdo" que sofreu um janeiro.

mam/ps/mca/aam

TOTTENHAM HOTSPUR

09 Abr
18:43
Pochettino diz que Kane pode ter fim prematuro de temporada após contusão
08 Abr
15:36
Guardiola garante que City não será afetado por novo estádio do Tottenham

O estádio novo em folha do Tottenham não terá influência no jogo de ida das quartas de final da Liga dos campeões na terça-feira em Londres, insistiu o técnico do Manchester City Pep Guardiola nesta segunda-feira.

"Pode nos afetar se pensarmos na torcida. Se nos concentrarmos no campo, não vai nos afetar. É o segundo jogo dos Spurs na casa deles, então sabemos o que nos espera. Se não conseguimos administrar esse tipo de situação, é porque não estamos prontos a atingir o nível superior", declarou o técnico espanhol em coletiva de imprensa.

Depois de vários meses de atraso e dois anos de obras, o Tottenham inaugurou seu novo estádio de 62.062 lugares na quarta-feira, com uma vitória sobre o Crystal Palace.

Os 'Spurs' não voltaram a jogar desde então mas os 'Citizens', disputaram e venceram a semifinal da Copa da Inglaterra no sábado contra o Brighton (1-0).

"Não sei se estamos revigorados. Eu nunca sei (antes de um jogo)", explicou Guardiola.

"Na Copa da Inglaterra, nós poderíamos ter jogado mais. Sabemos que será difícil (na terça-feira), porque todo mundo quer ganhar esta competição. Nós nos conhecemos bem então vai ser um bom jogo", prosseguiu.

Uma notícia positiva para os Citizens é a recuperação de seu maior artilheiro, o argentino Sergio Agüero. "Ele está se sentindo melhor. Treinou com a equipe pela primeira vez e está se sentindo melhor. (Kyle) Walker está melhor e (Benjamin) Mendy se recuperou bem. Acho que vão estar preparados para amanhã".

Sobre seu rival, Guardiola espera que os Spurs joguem de forma agressiva. "Sempre que jogamos contra eles, eles jogam dessa maneira. Se for assim, temos que tentar fazer mais. Talvez joguem um contra um, pressionando alto, e vamos nos preparar para isso".

Mas o técnico lembrou que "o Tottenham não é só Harry Kane, o clube é forte. Forte fisicamente em todos os aspectos. É uma equipe incrível. Já disse isso mil vezes sobre eles".

mam/jde/aam

CITIZENS FINANCIAL GROUP

08 Abr
15:34
Guardiola garante que City não será afetado por novo estádio do Tottenham
05 Abr
10:50
Campeonatos europeus se opõem a reformulação da Champions
05 Abr
10:50
Campeonatos europeus se opõe a reformulação da Champions

Os campeonatos europeus se mostraram veementemente contra uma reformulação da Liga dos Campeões que resultaria na diminuição das receitas e do calendário das competições domésticas, anunciaram as ligas nacionais de futebol na Europa nesta sexta-feira, em assembleia geral realizada em Lisboa.

"Todas as ligas estão unidas" e "nosso objetivo principal é proteger as competições domésticas", declarou o presidente da European Leagues (EL), Lars-Christer Olsson.

"Os dez últimos anos foram negativos para as competições nacionais", continuou o mandatário sueco durante coletiva de imprensa.

A associação representante das Ligas, organizadoras dos campeonatos nacionais de futebol em toda a Europa, convidará os mais de 900 clubes que participam de suas competições para se reunirem em Madri entre 6 e 7 de maio e "debater a maneira como gostariam de ver evoluir as competições profissionais de futebol na Europa", anunciou Olsson.

Este encontro acontecerá na véspera da reunião previsto para 8 de maio em Nyon entre a Uefa e as Ligas europeias, que irão conversar sobre os projetos polêmicos de reforma da Liga dos Campeões, desenvolvida pela Associação Europeia de Clubes (ECA, na sigla em inglês).

Segundo a imprensa, o projeto principal das entidades europeias seria disputar, a partir da temporada 2024, a fase de grupos da Liga dos Campeões com quatro grupos de oito equipes, e não mais com oito grupos de quatro equipes.

Isso garantiria mais jogos aos clubes e, consequentemente, mais receita, mas também obrigaria uma reformulação no calendário. Um cenário cogitado seria a disputa de jogos da Liga dos Campeões nos fins de semana, algo que a European Leagues é veementemente contra.

Esta 'nova' Champions ficaria mais parecida com uma Liga fechada, com os seis primeiros colocados garantindo vaga na edição seguinte, independentemente de suas classificações nos campeonatos nacionais.

"A imprensa não inventou nada. A questão agora é saber como bloquear o caminho escolhido pela Uefa e pela ECA para mudar uma competição que manteria seu nome, mas seria completamente diferente", declarou à AFP o presidente da Liga espanhola, Javier Tebas.

"Ninguém poderá obrigar as Ligas a mudarem de formato contra sua vontade", concluiu o dirigente após a reunião em Lisboa, nesta sexta-feira.

tsc/jed/am

ECA

03 Abr
09:07
Reunião entre Uefa e Ligas europeias em 8 de maio debaterá reforma da Champions

Uma reunião entre a Uefa e a Liga dos Campeões, consagrada aos projetos polêmicos para reformular a Liga dos Campeões, está programada para 8 de maio, informaram nesta quarta-feira fontes concordantes.

Esta reunião reunirá os comitês executivos das entidades e contará com a presença do presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, e o presidente das Ligas Europeias, o sueco Lars-Christer Olsson.

"A Uefa se reunirá com representantes das Ligas nas próximas semanas", confirmou à AFP um porta-voz da Uefa.

Outra fonte próxima ao caso informou que a reunião acontecerá em 8 de maio na Suíça. "O objetivo é debater os projetos de reforma da Liga dos Campeões, desenvolvidos pela Associação europeia de clubes (ECA)", explicou a fonte.

Segundo a imprensa, o projeto principal seria disputar, a partir da temporada 2024, a fase de grupos da Liga dos Campeões com quatro grupos de oito equipes, e não mais com oito grupos de quatro equipes.

Isso garantiria mais jogos aos clubes e, consequentemente, mais receita, mas também obrigaria uma reformulação no calendário. Um cenário possível seria a disputa de jogos da Liga dos Campeões nos fins de semana, algo que as Ligas Europeias se mostram veementemente contra.

Esta 'nova' Champions ficaria mais parecida com uma Liga fechada, com os seis primeiros colocados garantindo vaga na edição seguinte, independentemente de suas classificações nos campeonatos nacionais.

"Queremos proteger com todas as forças nossos jogos de fim de semana para os campeonatos, porque precisamos proteger a saúde de nossas Ligas e de todos nossos clubes", explicou à AFP Alberto Colombo, porta-voz das Ligas Europeias.

"Não há projetos concretos neste momento, somente ideias que provocam debates entre a Uefa e a ECA", disse outra fonte.

ebe/sg/am

ECA

JUVENTUS FOOTBALL CLUB

Mais Notícias